Estados Unidos x Colômbia

Colômbia teve atuação muito segura no primeiro tempo (Foto: Josh Edelson/AFP)

LANCE!
04/06/2016
00:31
Santa Clara (EUA)

Começou a Copa América Centenário! Abrindo a competição, os anfitriões Estados Unidos receberam a Colômbia em Santa Clara, na Califórnia, em partida válida pelo grupo A. Mas os donos da casa não conseguiram desempenhar um bom papel diante de seu torcedor. Com muita transpiração e pouca inspiração, a equipe de Klinsmann saiu derrotada por 2 a 0 para os comandados de Pékerman, mais organizados, efetivos e melhores tecnicamente. Zapata, com menos de dez minutos iniciou a vitória com um golaço. Ainda no primeiro tempo, James Rodríguez ampliou de pênalti e fechou a conta.

Com o resultado, a Colômbia começa o torneio com o pé direito e já constrói dois gols de saldo. Às 18h deste sábado, Costa Rica e Paraguai fazem o outro jogo da chave, em Orlando, na Flórida. Na próxima terça, os EUA enfrentam a Costa Rica, enquanto a Colômbia pega o Paraguai no mesmo dia.

O JOGO

Ainda que com poucas voltas no ponteiro, o cenário da partida já apontava a Colômbia melhor em campo, puxando a marcação dos Estados Unidos e se impondo na capacidade técnica e na velocidade. Mas nada comparado ao primeiro gol do torneio. E nada melhor que começar com uma pintura. Na jogada ensaiada de escanteio, Cristian Zapata se movimentou bem para receber o cruzamento de Cardona e soltar um chutaço de primeira, pegando na veia e fazendo um golaço. 1 a 0 com direito a dancinha e tudo.


Em desvantagem, os Estados Unidos adiantaram suas linhas e tentaram chegar mais à frente na troca de passes. Porém, sempre previsível demais, os anfitriões tinham dificuldades para criar na intermediária central e se limitavam a fazer a bola girar ou buscar atacar pelos lados. A melhor chance saiu dos pés de Dempsey, que finalizou à direita da trave. Sem correr riscos reais, a Colômbia adotou um comportamento de esperar a ofensiva adversária para retomar a bola e sair em velocidade. Por mais de uma vez, voltou a ameaçar a meta de Guzan, principalmente quando a bola passava pelo trio Cardona, James e Cuadrado.

Ainda antes do intervalo, sem fazer muito esforço, o time sul-americano ampliou a vantagem com James Rodríguez, de pênalti. Yedlin cortou o cruzamento de Díaz com o braço e o camisa 10 colombiano não desperdiçou a cobrança. 2 a 0 e mais dancinha na comemoração.

'OLÉ'

Por quase dois minutos, a Colômbia ficou trocando passes no início do segundo tempo. A resposta das arquibancadas veio com os gritos de olé, ainda antes dos dez minutos. Inicialmente, os Estados Unidos reagiram mal, descontaram o nervosismo nas faltas e ficaram de cabeça quente. Mas a provocação também serviu para acordar os anfitriões, que quase diminuíram em duas oportunidades. A cabeçada de Dempsey só não morreu nas redes porque Pérez salvou em cima da linha. Em seguida, o atacante voltou a incomodar e viu o goleiro Ospina interceder sua cobrança de falta que estava endereçada ao ângulo esquerdo da meta.

Com dores no ombro esquerdo, James deixou o campo de jogo para a entrada de Celis. Mesmo sem um de seus pilares, a seleção sul-americana voltou a ameaçar com Bacca, que carimbou o travessão. Os últimos 15 minutos de jogo ainda reservaram bons lances para os dois lados, mas a rede não foi mais balançada. 2 a 0 placar final.

ESTADOS UNIDOS 0x2 COLÔMBIA

Motivo:
1ª rodada, Grupo A da Copa América
Data/Hora: 03/06/2016, às 22h30 (de Brasília)
Local: Levi's Stadium, em Santa Clara, na Califórnia (EUA)
Árbitro: Roberto García (México)

GOLS: Zapata, 7'1ºT (0-1); James Rodríguez, 41'1ºT (0-2)
Cartão amarelo: Bedoya (EUA)
Cartão vermelho: Nenhum

Estados Unidos: Guzan, Yedlin, Cameron, Brooks e Fabian Johnson; Bradley, Jones (Nagbe - 20'2ºT) e Bedoya (Zusi - 40'2ºT); Wood (Pulisic - 20'2ºT), Dempsey e Zardes. Técnico: Jürgen Klinsmann.

Colômbia: Ospina; Arias, Murillo, Zapata e Díaz; Torres, Pérez (Carlos Sánchez - 40'2ºT); Cuadrado, Cardona e James Rodríguez (Celis - 27'2ºT); Bacca (Dayro Moreno - 42'2ºT). Técnico: José Pékerman.