óscar tabárez coletiva (Foto: Vladimir Rodas/AFP)

Uruguai de Tabárez foi eliminado na primeira fase da Copa América (Foto: Vladimir Rodas/AFP)

LANCE!
16/06/2016
17:10
Montevidéu (URU)

Óscar Tabárez reconheceu que a seleção uruguaia ficou aquém das expectativas na disputa da Copa América Centenário. Em três partidas, a Celeste conseguiu apenas uma vitória - além de duas derrotas - e eliminação precoce ainda na fase de grupos. O treinador afirmou que a principal preocupação deve ser o sistema defensivo, mesmo com as pesadas críticas ao ataque durante a competição.

No desembarque uruguaio nesta quinta-feira, em Montevidéu, Tabárez disse que a equipe ainda tem 'espírito de seleção'.

- O Uruguai tem que recuperar a sensação de ser uma equipe compacta que sempre teve. E isso a equipe deve fazer, apesar das críticas de que temos pouca posse de bola. Não podemos deixar de sermos fortes em nossa essência: devemos ser mais fortes defensivamente do que fomos nessa Copa América. No mais, não há tantos problemas, porque ainda temos espírito de seleção, com solidariedade dentro de campo. Na última partida, mostramos que temos capacidade de reação - disse.

No último jogo, o Uruguai bateu a Jamaica por 3 a 0, mas as duas seleções já estavam eliminadas da Copa América. O resultado serviu para dar ânimo para a Celeste nas Eliminatórias da Copa do Mundo.

- Somos conscientes de que foi uma Copa ruim para o Uruguai. A partida contra a Jamaica era importante porque tínhamos que evitar chegar na eliminatória com sequência de três derrotas. Trabalhamos para isso e agora vem o resto. Este segundo semestre vai ser difícil para todas as equipes. O objetivo segue sendo o mesmo desde o início deste processo: tentar chegar à Copa do Mundo. Devemos saber que é um caminho complicado, mas esse grupo mostrou que pode reverter situações adversas.