Copa America - Brasil x Peru (foto:Lucas Figueiredo / MoWA Press)

Copa America - Brasil x Peru (foto:Lucas Figueiredo / MoWA Press)

LANCE!
13/06/2016
00:50
Boston (EUA)

O técnico Dunga culpou a arbitragem pela eliminação da Copa América Centenário, nos Estados Unidos, após o Peru vencer a Seleção Brasileira com um gol de mão. Segundo o treinador do Brasil, é preciso o uso da tecnologia para evitar equívocos como o que aconteceu em Boston.

- O Brasil não foi eliminado dentro do futebol. Não tem o que fazer. Se não tiver as imagens, todo trabalho pode ser colocado fora. Não deu para entender porque o bandeirinha não correu e nem porque demorou quatro minutos para validar o gol - afirmou Dunga, que citou mais lances visto por ele como falhas do apito:

- Talvez não aconteceu ser eliminado por um gol de mão. Não foi só o gol de mão, teve algumas faltas, pênalti no Coutinho. Me faz lembrar o que falou o presidente do Uruguai.

Dunga ainda foi questionado se a ausência do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, nos Estados Unidos teria prejudicado a força política do Brasil.

- Não acredito. Com toda tecnologia, com câmeras, o que vem a dúvida é a tecnologia que comete erros claros e evidentes. Isso com o presidente aqui ou não, a decisão é do juiz. Eles consultaram, falaram, não sei com quem. Os quatro estavam no campo, juntos. E vem a ideia de quem estava consultado. Isso é estranho - completou o treinador.

O Brasil de Dunga só fez gol no Haiti e também foi a única seleção a levar gol dos haitianos. É importante lembrar também que a Seleção Brasileira só não perdeu na estreia porque a arbitragem invalidou um gol legal do Equador, após falha grotesca de Alisson.