Emerson Cris

Emerson Cris, treinador interino da Chape, faz parte da comissão técnica permanente (Foto: Reprodução)

LANCE!
09/10/2017
16:14
Chapecó (SC)

Em mais uma ação para fortalecer o departamento de futebol profissional e unificar o trabalho com as categorias de base, a Chapecoense anunciou a criação de uma comissão técnica permanente, com o objetivo de valorizar cada vez mais a filosofia do clube.

A equipe, que precisou passar por uma drástica reconstrução neste ano por conta da tragédia ocorrida em 2016, acredita que essa novidade é mais um passo para melhorar sua estrutura em todos os setores.

Tendência principalmente na Europa, a comissão técnica permanente tem como objetivo criar e conservar a identidade da equipe. Para isso, ela busca implementar um perfil em comum entre as categorias de base e o futebol profissional, além de reforçar os valores do clube.

- Isso é uma tendência no futebol atual e que nos instiga há bastante tempo. Com esse trabalho, o clube consegue ter uma continuidade nas ações realizadas e, mesmo com treinadores que possam ser contratados, você garante o suporte da comissão técnica que é da Chapecoense. Essa é uma conquista ilustrada pela permanência do Emerson (Cris) e de vários outros profissionais que integram essa equipe - avaliou Rui Costa, diretor executivo de futebol da Chapecoense.

Além de Emerson Cris, treinador interino da equipe profissional, outros membros fazem parte da comissão técnica permanente da Chape, como nutricionistas, massagistas e preparadores.

- Nós tínhamos muitos desafios aqui na Chapecoense, mas, mesmo diante deste quadro, tínhamos alguns projetos e um deles era valorizar os trabalhadores da casa. Paralelamente à construção de um plantel de jogadores, tivemos de reconstruir os departamentos. A busca por perfis e também por profissionais dentro do clube foi realizada e hoje em sua maioria temos profissionais que já eram da casa na comissão técnica da Chapecoense - destacou Rui.

Neste ano, a Chape conquistou o Campeonato Catarinense e disputou competições internacionais, como a Copa Libertadores e a Sul-Americana. Agora, o clube tem como principal objetivo permanecer na primeira divisão do Campeonato Brasileiro e tentar novamente uma vaga em uma das competições continentais do ano que vem. A expectativa é de que a comissão técnica permanente tenha um efeito positivo já no presente e no futuro do clube.