Guto Ferreira - técnico da Chapecoense

Guto Ferreira enumerou as motivações da Chape nesse fim de Brasileirão (Foto: Ari Ferreira/Lancepress)

RADAR/LANCE!
25/11/2015
01:25
Chapecó (SC)

Sem riscos de rebaixamento. Sem chances de voos mais altos no Brasileiro, como uma vaga na Libertadores, por exemplo. Assim está a Chapecoense a duas rodadas do fim do campeonato. A tranquilidade é tanta que o elenco recebeu dois dias de folga após o empate contra o Figueirense, no último domingo (22), e só se reapresenta nesta quarta-feira (25). No próximo jogo, o time enfrenta o Goiás em duelo que interessa muito aos times que lutam contra o rebaixamento. Mas que motivação a Chape teria para entrar em campo e dar o máximo para derrotar o Esmeraldino? O técnico Guto Ferreira tentou responder.

- A gente trabalha sempre por três pontos. Às vezes, é possível, outras vezes, não. A gente completou oito partidas sem perder no Brasileirão, o que é uma marca importante. Chegamos aos 47 pontos e vamos tentar ganhar mais uma posição nos próximos jogos e conseguir uma vaga direta para a Sul-Americana. E tem também a vaga na Sul-Minas-Rio (pelo ranking da CBF) - explicou o treinador.


Além de tudo isso, a partida será a última da Chapecoense diante de seu torcedor nesta temporada. E vale lembrar que, no returno do Campeonato Brasileiro, o Verdão deixou a desejar na Arena Condá: foram apenas duas vitórias em oito jogos. O jogo contra o Goiás é no próximo domingo (29), às 18h.