icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder RADAR/LANCEPRESS!
25/08/2015
21:09

Em meio a uma maratona por conta dos jogos pela Copa Sul-americana e Campeonato Brasileiro, a Chapecoense ficou sem três jogadores para o confronto desta quarta-feira contra a Ponte Preta. O volante Elicarlos, com lesão na coxa, é o caso mais grave. O zagueiro Vilson e o também volante Gil sentiram um desconforto e estão fora da partida.

Elicarlos deve ficar afastado dos gramados entre sete e 14 dias, de acordo com o departamento médico. No treino desta terça-feira, ele participou de um trabalho de fisioterapia no CT do clube, na caixa de areia.

Vilson e Gil, que têm possibilidade de ficarem à disposição para o fim de semana, ficaram na sede do clube para seguir realizando o tratamento de recuperação. O zagueiro tem uma tendinite no tendão de Aquiles direito. Gil, com desconforto no púbis, passa por tratamento e seu retorno aos gramados depende da evolução clínica.

O resultado no primeiro jogo (1 a 1, fora de casa) anima o torcedor para o primeiro jogo decisivo da equipe catarinense em uma competição internacional. Assim, a vantagem de jogar por 0 a 0 nesta quarta é da Chapecoense. Caso o jogo termine empatado com dois ou mais gols para cada lado, é o adversário que passa de fase. Se for novamente 1 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis.

Em meio a uma maratona por conta dos jogos pela Copa Sul-americana e Campeonato Brasileiro, a Chapecoense ficou sem três jogadores para o confronto desta quarta-feira contra a Ponte Preta. O volante Elicarlos, com lesão na coxa, é o caso mais grave. O zagueiro Vilson e o também volante Gil sentiram um desconforto e estão fora da partida.

Elicarlos deve ficar afastado dos gramados entre sete e 14 dias, de acordo com o departamento médico. No treino desta terça-feira, ele participou de um trabalho de fisioterapia no CT do clube, na caixa de areia.

Vilson e Gil, que têm possibilidade de ficarem à disposição para o fim de semana, ficaram na sede do clube para seguir realizando o tratamento de recuperação. O zagueiro tem uma tendinite no tendão de Aquiles direito. Gil, com desconforto no púbis, passa por tratamento e seu retorno aos gramados depende da evolução clínica.

O resultado no primeiro jogo (1 a 1, fora de casa) anima o torcedor para o primeiro jogo decisivo da equipe catarinense em uma competição internacional. Assim, a vantagem de jogar por 0 a 0 nesta quarta é da Chapecoense. Caso o jogo termine empatado com dois ou mais gols para cada lado, é o adversário que passa de fase. Se for novamente 1 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis.