Atlético-MG x Chapecoense

Kleina avalia Chapecoense no duelo com o América-MG (Foto: Dudu Macedo / Fotoarena)

LANCE!
13/06/2018
19:33
Belo Horizonte (MG)

Após o empate entre a Chapecoense e o América-MG, nesta quarta-feira, o técnico Gilson Kleina fez questão de elogiar a atuação do Verdão do Oeste. Este jogo foi o último antes da pausa para a Copa do Mundo e a igualdade sem gols, no Independência, manteve o time alviverde fora da zona de rebaixamento, com 14 pontos. 

O treinador da equipe de Chapecó enfatizou que os seus comandados tiveram atitude e que poderiam ter saído com o triunfo. Para Kleina, a Chape levou perigo ao adversário. 

- A equipe verticalizou, tivemos mais posse de bola, mais finalizações. Mais roubadas de bola, transitamos com perigo. Os lances sempre acabavam em escanteio, ou a defesa fazendo o último bote. Jogamos agudo, precisava disso. Nossa equipe competiu contra o América, que faz um jogo seguro. Time organizado na marcação. Neutralizamos os pontos fortes, quase não sai com uma vitória super importante - disse o técnico. 

Ao fazer uma análise do Verdão do Oeste, o comandante ponderou que a equipe melhorou o desempenho durante a segunda etapa. Gilson Kleina também falou sobre as jogadas do América-MG na partida. 

- Tem que enaltecer a atitude da equipe, por mais que no segundo tempo viemos com outra postura, preciso salientar que o América-MG tem uma forma diferente de jogar. Hoje tentaram fazer uma infiltração dos laterais vindo por dentro. Corrigimos isso no intervalo, foi quando a equipe melhorou no jogo. Eles tiveram chances, nós também criamos, principalmente com o Bruninho, no contra-ataque. A equipe ficou concentrada, encurtamos. As peças do América-MG não conseguiram criar - afirmou o treinador. 

O próximo desafio da Chapecoense no Brasileirão é no dia 19 de julho. Na Arena Condá, o Verdão vai encarar o Bahia.