LANCE!
29/11/2016
14:27
Medellín (COL)

Em uma atitude do mais alto nível de cortesia e solidariedade, o Atlético Nacional, finalista da Copa Sul-Americana ao lado da Chapecoense, emitiu uma nota oficial nesta terça-feira na qual pede à Conmebol que dê o título da competição ao time brasileiro, devastado pelo desastre de avião que matou jogadores, dirigentes e comissão técnica.

"Além de estar muito preocupados com a parte humana, pensamos no aspecto competitivo e queremos publicar este comunicado onde o Atlético Nacional pede a Conmebol que o título da Copa Sul-Americana seja entregue à Associação Chapecoense de Futebol como prêmio de honra a sua grande perda e homenagem póstuma às vítimas do fatal acidente que deixa nosso esporte de luto", escreveu o clube colombiano, que já faturou a Libertadores em 2016 e jogará o Mundial de Clubes.


A delegação da Chape estava justamente se deslocando à Colômbia para enfrentar o Nacional, em Medellín, após classificação histórica contra o San Lorenzo. O lado colombiano reforçou que houve conversa interna entre os dirigentes e que o abalo é muito grande.

A mensagem final do Nacional é a seguinte:

"De nossa parte, e para sempre, Chapecoense campeão da Copa Sul-Americana 2016".

Se for declarada campeã da Sul-Americana, a Chape já terá assegurada vaga na fase de grupos da Libertadores-2017, pela primeira vez na história.