icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/08/2015
22:55

O Sport segue sem vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, a vitória esteve perto, mas o Leão da Ilha sofreu a virada no segundo tempo e acabou derrotado pelo Figueirense por 2 a 1, no Orlando Scarpelli. A partida, que marcou a estreia de René Simões no Figueira, marcou com Dudu e Bruno Alves. René abriu o placar para o Sport.

Com o triunfo, o Figueira chegou aos 23 pontos na tabela do Brasileirão, e não corre o risco de entrar na zona de rebaixamento nesta rodada. O Leão, por sua vez, desperdiçou a chance de voltar ao G4 da competição. Com 31 pontos, o Sport é o sétimo. 

Na próxima rodada, o Figueirense visita o lanterna Vasco. O duelo será no Maracanã, no próximo sábado, às 18h30. Já o Leão da Ilha recebe o Flamengo, na Arena Pernambuco. O confronto Rubro-Negro será no domingo, às 16h.

O JOGO

As melhores ações ofensivas no início da primeira etapa foram do Figueira, graças às arrancadas de Clayton. Pela direita, o jovem atacante levou a melhor sobre a marcação, mas não não conseguiu finalizar em gol. Com o passar dos minutos, a qualidade do Sport começou a aparecer, e a equipe de Eduardo Baptista passou a ter as melhores chances do jogo. Aos 12 minutos, aproveitando erro da zaga, Rithely finalizou e Felipe fez boa defesa. Na sobra, Matheus Ferraz jogou pela linha de fundo.

Enquanto Maikon Leite testou outra vez o goleiro do Figueira, Dudu e Clayton caíram na área do Sport, pedindo pênalti. O árbitro mandou o lance seguir nas duas vezes, para desespero da torcida presente no estádio. Depois de Diego Souza e Maikon Leite perderem chances incríveis, coube ao René abrir o placar. O lateral-esquerdo tabelou com André, avançou até a entrada da área e, de direita, bateu para fazer seu primeiro gol no Brasileirão: 1 a 0. Antes do intervalo, o Figueira manteve a posse de bola, mas voltou a pecar nas finalizações e saiu de campo em desvantagem.

Na etapa final, Clayton voltou a ser o principal nome do Figueirense. Porém, com o crescimento de Dudu e a entrada de Thiago Santanna, o time de René Simões conseguiu, de fato, ameaçar o gol do Sport. Logo aos dois minutos, Danilo Fernandes fez ótima defesa em chute de Clayton. Sueliton, que entrou no lugar de Leandro Silva, encontrou Dudu dentro da área, que escorou para o fundo da rede: tudo igual no Orlando Scarpelli.

Em outra bola aérea em que a defesa do Sport vacilou, o Figueirense virou o placar. Yago cobrou falta e o zagueiro Bruno Alves, livre de marcação, cabeceou forte, sem chances para o goleiro Danilo Fernandes. No fim, o Sport, foi todo pressão. Com Samuel e Hernane em campo, o Sport levantou a bola na área, mas viu Felipe sair bem e garantir a vitória do Figueirense.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 X 1 SPORT

Local: Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
Data-hora: 22/8/2015 – 21h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ)
Renda/Público: R$ 62.130,00 / 4.879 pagantes (5.158 presentes)

Cartões amarelos: Dudu (FIG); Rodrigo Mancha, Samuel Xavier e Hernane(SPT)
Cartões vermelhos: Não houve.

GOLS: René, 0-1 (31'/1ºT), Dudu, 1-1 (18'/2ºT), Bruno Alves, 2-1 (24/2ºT)

FIGUEIRENSE: Felipe; Leandro Silva (Sueliton, 10'/2ºT), Thiago Heleno, Bruno Alves e Marcos Pedroso; Dener, Fabinho, Yago (Jefferson, 28'/2ºT) e Celsinho (Thiago Santanna, Intervalo), Clayton e Dudu – Técnico: René Simões.

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely e Rodrigo Mancha, Maikon Leite (Samuel 39’/2º T), Marlone (Élber, 17'/2ºT), Diego Souza e André (Hernane, 27'/2ºT) – Técnico: Eduardo Baptista.

O Sport segue sem vencer fora de casa no Campeonato Brasileiro. Na noite deste sábado, a vitória esteve perto, mas o Leão da Ilha sofreu a virada no segundo tempo e acabou derrotado pelo Figueirense por 2 a 1, no Orlando Scarpelli. A partida, que marcou a estreia de René Simões no Figueira, marcou com Dudu e Bruno Alves. René abriu o placar para o Sport.

Com o triunfo, o Figueira chegou aos 23 pontos na tabela do Brasileirão, e não corre o risco de entrar na zona de rebaixamento nesta rodada. O Leão, por sua vez, desperdiçou a chance de voltar ao G4 da competição. Com 31 pontos, o Sport é o sétimo. 

Na próxima rodada, o Figueirense visita o lanterna Vasco. O duelo será no Maracanã, no próximo sábado, às 18h30. Já o Leão da Ilha recebe o Flamengo, na Arena Pernambuco. O confronto Rubro-Negro será no domingo, às 16h.

O JOGO

As melhores ações ofensivas no início da primeira etapa foram do Figueira, graças às arrancadas de Clayton. Pela direita, o jovem atacante levou a melhor sobre a marcação, mas não não conseguiu finalizar em gol. Com o passar dos minutos, a qualidade do Sport começou a aparecer, e a equipe de Eduardo Baptista passou a ter as melhores chances do jogo. Aos 12 minutos, aproveitando erro da zaga, Rithely finalizou e Felipe fez boa defesa. Na sobra, Matheus Ferraz jogou pela linha de fundo.

Enquanto Maikon Leite testou outra vez o goleiro do Figueira, Dudu e Clayton caíram na área do Sport, pedindo pênalti. O árbitro mandou o lance seguir nas duas vezes, para desespero da torcida presente no estádio. Depois de Diego Souza e Maikon Leite perderem chances incríveis, coube ao René abrir o placar. O lateral-esquerdo tabelou com André, avançou até a entrada da área e, de direita, bateu para fazer seu primeiro gol no Brasileirão: 1 a 0. Antes do intervalo, o Figueira manteve a posse de bola, mas voltou a pecar nas finalizações e saiu de campo em desvantagem.

Na etapa final, Clayton voltou a ser o principal nome do Figueirense. Porém, com o crescimento de Dudu e a entrada de Thiago Santanna, o time de René Simões conseguiu, de fato, ameaçar o gol do Sport. Logo aos dois minutos, Danilo Fernandes fez ótima defesa em chute de Clayton. Sueliton, que entrou no lugar de Leandro Silva, encontrou Dudu dentro da área, que escorou para o fundo da rede: tudo igual no Orlando Scarpelli.

Em outra bola aérea em que a defesa do Sport vacilou, o Figueirense virou o placar. Yago cobrou falta e o zagueiro Bruno Alves, livre de marcação, cabeceou forte, sem chances para o goleiro Danilo Fernandes. No fim, o Sport, foi todo pressão. Com Samuel e Hernane em campo, o Sport levantou a bola na área, mas viu Felipe sair bem e garantir a vitória do Figueirense.

FICHA TÉCNICA
FIGUEIRENSE 2 X 1 SPORT

Local: Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)
Data-hora: 22/8/2015 – 21h
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha (RJ)
Renda/Público: R$ 62.130,00 / 4.879 pagantes (5.158 presentes)

Cartões amarelos: Dudu (FIG); Rodrigo Mancha, Samuel Xavier e Hernane(SPT)
Cartões vermelhos: Não houve.

GOLS: René, 0-1 (31'/1ºT), Dudu, 1-1 (18'/2ºT), Bruno Alves, 2-1 (24/2ºT)

FIGUEIRENSE: Felipe; Leandro Silva (Sueliton, 10'/2ºT), Thiago Heleno, Bruno Alves e Marcos Pedroso; Dener, Fabinho, Yago (Jefferson, 28'/2ºT) e Celsinho (Thiago Santanna, Intervalo), Clayton e Dudu – Técnico: René Simões.

SPORT: Danilo Fernandes; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Renê; Rithely e Rodrigo Mancha, Maikon Leite (Samuel 39’/2º T), Marlone (Élber, 17'/2ºT), Diego Souza e André (Hernane, 27'/2ºT) – Técnico: Eduardo Baptista.