Bruno Cassucci
14/09/2016
23:46
São Paulo (SP)

O Corinthians entrou de azul e saiu com saldo vermelho do Couto Pereira. Estreando terceiro uniforme, a equipe empatou por 1 a 1 com o Coritiba nesta quarta-feira e saiu do G4 do Campeonato Brasileiro - o Santos venceu o Botafogo e ultrapassou o Timão. Para piorar, perdeu Fagner, suspenso, e possivelmente Uendel, machucado, para o clássico de sábado contra o Palmeiras, na Arena. Já os paranaenses seguem rondando a zona de rebaixamento, agora na 14ª posição, três pontos acima do Z4.

Mesmo com vestimenta nova, o Timão apresentou velhos problemas. Pelo quinto jogo seguido a equipe não conseguiu vencer fora de casa. Após quatro derrotas longe de Itaquera (para Santos, Ponte Preta, Grêmio e Atlético-PR), os comandados de Cristóvão Borges arrancaram ao menos um ponto desta vez. 

E poderia ter sido mais, já que o Corinthians foi melhor em boa parte do duelo e saiu na frente no placar. O "inexplicável", conceito utilizado para promover o novo fardamento do clube, também pode ser empregado para definir o vacilo de Leandro que resultou no gol do visitante. O atacante do Coxa cochilou, perdeu a bola no campo de defesa e desistiu da jogada. Rodriguinho serviu Gustavo, que não foi fominha e cruzou para Marlone, com o gol escancarado à sua frente, empurrar para as redes.

O mesmo Leandro se redimiria minutos depois. Fagner cometeu pênalti infantil em Kazim, que foi convertido pelo camisa 11.

Embora o Coritiba pressionasse e até tivesse um gol anulado, o jogo era equilibrado. O Corinthians não jogava mal, chegou a criar chances no segundo tempo, mas também parecia não ambicionar algo a mais. Tão distante de suas tradições quanto a camisa azul...

Do banco de reservas, Cristóvão Borges assistiu a tudo passivamente, sem fazer nenhuma substituição (além de sacar Uendel, ainda no começo do jogo, por lesão) mesmo depois da expulsão de João Paulo, aos 35 minutos do segundo tempo.

Sábado, a Fiel vai cobrar postura e resultado diferentes. Em Dérbi, é preto no branco! 

FICHA TÉCNICA

CORITIBA 1 X 1 CORINTHIANS


Local: estádio Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data/Hora: 14 de setembro de 2016 (quarta-feira), às 21h45
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)
Auxiliares: Silbert Faria Sisquim e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
Público/renda: 11.893 pagantes / R$ 366.650,00
Cartões amarelos: Alan Santos e Nery Bareiro (Coritiba); Fagner (Corinthians)
Cartão vermelho: João Paulo, 35'/2ºT (Coritiba)
Gols: Marlone, 14'/1ºT (0-1) e Leandro, 27'/1ºT (1-1)

CORITIBA: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Nery Bareiro e Juninho; João Paulo, Alan Santos (Yan - 31'/2ºT), Raphael Veiga (Edinho - 39'/2ºT) e Evandro (Iago - intervalo); Kazim e Leandro. Técnico: Paulo César Carpegiani.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Vilson, Balbuena e Uendel (Guilherme Arana - 4'/1ºT); Cristian; Marlone, Camacho, Rodriguinho e Lucca; Gustavo. Técnico: Cristóvão Borges.