Marcelo Oliveira faz sua estreia no time do Atlético-MG

Treinador pode perder Cazares, Erazo e Douglas Santos por até nove rodadas (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

RADAR/LANCE
23/05/2016
17:59
Belo Horizonte (MG)

O Atlético-MG sabe que vai encontrar dificuldades para manter todos os seus jogadores à disposição do técnico Marcelo Oliveira. Atualmente, alguns nomes importantes como Luan e Leonardo Silva estão fora de combate, mas a situação vai ficar ainda pior. Nesta segunda-feira, o clube se ‘despediu’ de Cazares, Erazo e Douglas Santos, que vão servir as seleções de Equador e do Brasil, respectivamente. Pensando nas perdas, o presidente Daniel Nepomuceno vai buscar pelo menos três reforços para qualificar o grupo e manter o time com boas chances de lutar pelo título brasileiro deste ano: um zagueiro, um lateral esquerdo e um centroavante estão em pautas.

- O elenco é muito forte, com dois, três jogadores por posição. Temos esses problemas na lateral esquerda e agora, com a lesão do Léo. Vamos olhar. Na janela aparece muita coisa interessante, tanto propostas para nossos jogadores quanto de jogadores que querem jogar no Atlético. Vamos ficar atentos. Temos uma reunião com o Marcelo para tratar desse assunto, o que ele achou, a experiência dele com outros nomes. Vamos correr atrás – comentou o presidente, em entrevista à Rádio Itatiaia.

Em sua entrevista coletiva após o jogo contra o Atlético-MG, Marcelo Oliveira não escondeu a necessidade de reforços pontuais, apesar de elogiar o elenco. Além de repor as ausências dos selecionáveis, o treinador ainda abriu para a possibilidade de pedir um centroavante para a equipe.

- Embora o elenco seja numeroso e de boa qualidade, tem alguns aspectos que estamos conversando. Pontualmente em três posições, pode ser que a gente venha a buscar alguns jogadores, porque o campeonato é longo, saem jogadores para seleções, tem lesão. Hoje, por exemplo, senti falta de um atacante de área, embora o Clayton tenha se esforçado. São pequenos ajustes - comentou.