São Paulo x Ponte Preta

Ponte desperdiçou várias oportunidades de gol no Morumbi (Foto: Ale Cabral/AGIF/Lancepress!)

RADAR/LANCE!
23/10/2016
17:33
São Paulo (SP)

O objetivo era trazer ao menos um ponto do Morumbi. Mas a derrota por 2 a 0, no sábado, para o São Paulo, deixou um gosto amargo nos jogadores e na comissão técnica da Ponte Preta. O time campineiro desperdiçou várias oportunidades e viu o seu adversário aproveitar as poucas chances criadas.

- Vocês viram, o primeiro tempo foi totalmente nosso. Dominamos o São Paulo, tivemos bastante oportunidades. Infelizmente em um lance, o juiz deu pênalti e nós tomamos o gol, mas continuamos jogando, atacando organizado, como o professor pediu. Voltamos para o segundo tempo e criamos algumas situações, mas infelizmente a bola não quis entrar. Aí o São Paulo foi lá, teve sorte e fez o gol. Depois ficou difícil, mas continuamos jogando - lamentou o lateral-esquerdo Reinaldo.

O técnico Eduardo Baptista adotou a mesma linha de raciocínio, e mostrou-se satisfeito com a postura do time em campo, apesar do resultado negativo.

- A Ponte fez um primeiro tempo muito bom, principalmente no seu jogo, articulando, chegando com perigo em inúmeros chances, mas não conseguimos converter em gol. Em uma falta de atenção na marcação, cochilamos e fizemos o pênalti. No segundo tempo, os times ajustaram a marcação, diminuíram os espaços, mas as chances mais claras aconteceram no segundo tempo. Tivemos chances de empatar o jogo e criar dificuldades, mas o São Paulo foi mais eficiente que a Ponte. O importante é que a Ponte veio, enfrentou um adversário com estádio cheio e jogou futebol. Um dia ganha, outro perde, mas não nos omitimos.

Com o resultado negativo no Morumbi, a Ponte permanece nos 45 pontos, na 10ª colocação. No entanto, não corre o risco de ser alcançado no decorrer da rodada. Por outro lado, o sonho do G-6 ficou mais distante. O próximo desafio da Macaca está marcado para quinta-feira, contra o Sport, na Ilha do Retiro.