RADAR / LANCE!
20/09/2016
17:10
Rio de Janeiro (RJ)

As tentativas dos clubes em achar o caminho mais seguro para o título brasileiro vão deixando cada partida mais imprevisível. Porém, a 26ª rodada já rende algumas perspectivas para torcedores de todos os cantos.

Especialistas do LANCE! já começam a traçar Palmeiras e Flamengo como candidatos ao título, vendo Atlético-MG pelo retrovisor. Já as equipes gaúchas são vistas cada vez mais como decepções. Confira!

JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO - Colunista do LANCE!

A rodada deixou o Brasileiro polarizado entre Palmeiras e Flamengo, os dois melhores elencos da temporada e os dois times com melhores treinadores. Por sinal, a melhor coisa que aconteceu ao Rubro-Negro foi a saída de Muricy Ramalho.

Embora sigam firmes no G4, Atlético-MG e Santos acabaram ficando um pouco para trás. Porém, os santistas estão bem montados, têm uma garra impressionante e aprenderam a jogar fora de casa. Só que o Fluminense pode brigar pelo G4, e o Botafogo ganhou muito com a saída de Ricardo Gomes, que vai mal em um São Paulo sem maiores ambições.

Outra equipe que se mostra perdida é o Corinthians, que tem uma diretoria perdida e um elenco fragilizado. Já o Internacional segue pedindo para cair. Não jogou nada diante do América-MG, e perdeu para o lanterninha do Brasileirão, em um vexame de uma equipe sem esquema de jogo qualquer. 

EDUARDO MANSELL - Editor do LANCE!

Na minha opinião o principal destaque da rodada foi o clássico mineiro. Não pela qualidade do jogo, mas porque deixou claro que o Atlético-MG parece estar com menos força para brigar pelo título que Palmeiras e Flamengo, que venceram novamente. O Galo vem bobeando em momentos que poderia tirar proveito para encostar.

O Flamengo fez o dever de casa contra o Figueirense, enquanto o Palmeiras teve uma vitória de campeão no campo do Corinthians. O Santos ficou um pouco mais sólido no G4, mas não pode bobear.

A crise gaúcha também foi intensificada. O Grêmio segue descendo a ladeira e ao que parece a diretoria decidiu escolher o Renato Gaúcho para empurrar de vez ladeira abaixo. O Inter segue seu calvário. Celso Roth é a bola da vez. Um dia foi Argel, no outro Falcão. E quem demite o presidente?

O Botafogo segue com sua impressionante reação e vê com grande dificuldade, pelo retrovisor, a zona de rebaixamento. O Fluminense insiste em iludir a torcida falando em G4 e perdendo em seguida. O fim de semana foi de vitória, mas o próximo será? O São Paulo voltou a perder e deve ficar mesmo no meio de tabela, assim como o Cruzeiro.