Marcos Guilherme

Meia-atacante enfrenta seu ex-time pela primeira vez na carreira (Foto: Jales Valquer/Fotoarena/Lancepress!)

LANCE!
14/10/2017
07:30
São Paulo (SP)

Aos 22 anos de idade, Marcos Guilherme defende atualmente o São Paulo, seu clube do coração. E agradece a oportunidade de realizar um sonho ao time que enfrentará neste sábado, às 21h, no Pacaembu. Revelado no Atlético-PR, o meia-atacante enfrentará sua ex-equipe pela primeira vez na carreira e a enche de elogios.

- Tenho um sentimento de gratidão muito grande pelo Atlético. É o clube que abriu as portas para mim e que me preparou. Foi lá que tive minhas primeiras oportunidades e se não fosse por elas, não estaria aqui no São Paulo hoje - comentou Marcos Guilherme.

O jogador ainda tem vínculo com o Atlético-PR, mas deixou o clube no começo do ano, quando foi emprestado ao Dínamo Zagreb, da Croácia. Em julho, foi cedido também por empréstimo pelo Furacão ao São Paulo e acertou contrato até dezembro de 2018 com o Tricolor, a quem promete defender com determinação total neste sábado, mesmo diante do time que o revelou.

- Hoje, defendo o São Paulo e vou me dedicar 100% para ajudar o time a sair com a vitória. Será mais um jogo importante e precisamos entrar com muito foco para conquistar um bom resultado e melhorar a nossa situação. A torcida verá um time lutando durante os 90 minutos - prometeu.

O São Paulo inicia esta 28ª rodada do Campeonato Brasileiro na zona de rebaixamento, em 17º lugar, com 31 pontos. Neste sábado, o time faz o primeiro de uma sequência de cinco jogos como mandante no Pacaembu, já que o Morumbi receberá shows. E Marcos Guilherme, autor do gol da vitória por 1 a 0 sobre o Sport no último jogo no estádio tricolor, crê que o time não sentirá a mudança.

- Somos muito fortes jogando em nosso estádio e precisamos repetir isso no Pacaembu. Temos que fazer dele a nossa casa. Tenho certeza de que a nossa torcida vai continuar comparecendo em peso e nos incentivando do começo ao fim - apostou o jogador, autor de quatro gols em 11 partidas pelo São Paulo.