RADAR / LANCE!
13/07/2016
12:55
Rio de Janeiro (RJ)

Os sinais do Campeonato Brasileiro não ficam restritos à maneira como cada equipe vem atuando a cada partida. A 14ª rodada trouxe mais uma leva de sinais bem variados do inusitado que rola pelo país afora.

Desde o sinal de indignação e de confusão vindos das arquibancadas, passando por vestígios de polêmica e de ansiedade, sobraram curiosidades para a torcida assistir. O LANCE! traça o panorama do que aconteceu pela rodada afora.

PÉ CALIBRADO PARA ASSUSTAR

Emerson Conceição levou a torcida do Coritiba a ter calafrios no confronto com o Botafogo. Ao tentar rechaçar uma jogada, o lateral-esquerdo encheu o pé contra seu próprio gol mas, para alívio da maioria no Couto Pereira, o travessão garantiu ao menos o empate em 0 a 0.

SINAIS DE PROTESTO

A torcida do Corinthians usou as arquibancadas da Arena Condá para mostrar que segue sob protesto. Durante a vitória por 2 a 0 sobre a Chapecoense, foi novamente estendida a faixa "CBF da corrupção".

SINAIS DE FUMAÇA

Os corintianos também chamaram atenção de outra forma na Arena Condá. Fogos de artifício interromperam por alguns minutos a vitória por 2 a 0 do Timão.

VAMOS TENTAR MAIS UMA VEZ!

O temperamento de Diego Souza na partida entre Sport e Ponte Preta rendeu um momento curiosíssimo. Por duas vezes, o meia voltou atrás em uma cobrança de falta porque... achou que os demais companheiros do Leão não estavam posicionados conforme foi combinado no treino! Na terceira tentativa, o camisa 87 mandou a bola direto para fora. O Sport perdeu por 2 a 1.

CAMPO QUE É BOM...

No confronto entre Flamengo e Atlético-MG rendeu boas emoções, mas viu como destaque negativo o... gramado do Mané Garrincha. O campo parecia estar cheio de areia, impraticável de jogar durante a vitória por 2 a 0 do Rubro-Negro. 

PRA VER A BANDINHA TRICOLOR PASSAR!

Não foi só a vitória do Grêmio sobre o Figueirense, por 2 a 1, que rendeu festa na Arena. Os gremistas foram autorizados a voltar a entrar no estádio com instrumentos, e a festa ficou mais afinada.

DÁ PARA ACREDITAR TAMBÉM NA LIBERTADORES?

Ao final da vitória por 3 a 0 do São Paulo sobre o América-MG, os torcedores do Tricolor paulista entoaram uma motivação para a missão complicada na semifinal da Copa Libertadores. Precisando vencer por três ou mais gols o Atlético Nacional (COL) fora de casa, os torcedores que foram ao Morumbi cantaram o tradicional "Eu acredito!".


EI, AONDE VAI COM ESSA BOLA?

A vontade de mostrar serviço no Internacional proporcionou a Ariel uma grande trapalhada como "cartão de visitas". Ao dar o pontapé inicial para a partida entre o Colorado e o Santa Cruz, o atacante rolou a bola... para ele mesmo! O árbitro Sandro Meira Ricci apontou a irregularidade.

O CINDERELO TRAPALHÃO

A luta do Inter por sair da seca de vitórias causou uma situação curiosíssima no Arruda. Após passar por um marcador, Gustavo Ferrareis arriscou uma tentativa tão forte que a chuteira saiu de seu pé. A bola não foi para o gol, e o Colorado perdeu por 1 a 0 para o Santa Cruz.


PÊNALTI? ESCANTEIO!

A torcida do Fluminense ficou na bronca com uma atitude do árbitro Marcelo Aparecido de Souza. Samuel Xavier avançou pela área e pediu pênalti após dividida forte com Kanu, do Vitória. Mas o juiz deu um escanteio, e manteve o empate em 0 a 0.


SAI (DA ÁREA) QUE É SUA...

Por mais que o ataque do Atlético-PR estivesse com a pontaria em dia, o goleiro Weverton roubou a cena no duelo com o Cruzeiro. O camisa 12 defendeu uma tentativa do meia De Arrascaeta... fora da grande área. A contragosto dos cruzeirenses, o árbitro deu cartão amarelo para ele.


CUIDADO QUE ELE ESTÁ OUVINDO DEMAIS!

O clássico entre Palmeiras e Santos foi antecedido por mais uma polêmica de bastidores. Elano contou ao delegado da partida que o auxiliar do Verdão, Cuquinha, estava com um celular no banco de reservas.