Flamengo x Goiás (Foto: Paulo Sergio/Lancepress!/AFP)
Roberto Assaf
08/11/2015
18:54
Rio de Janeiro (RJ)

No dia da volta de quatro dos cinco renegados - Pará, Alan Patrick e Éverton estiveram em campo, e Paulinho no banco - o Flamengo, pela primeira vez no Brasileiro de 2015, conseguiu marcar quatro gols numa partida, derrotando um dos times mais fracos do campeonato, o Goiás, por 4 a 1, no Maracanã. Não, você não está sonhando. É real. O Flamengo de fato ganhou de quatro.

O Goiás entrou devagar, praticamente parado, sem mostrar qualquer ambição. Logo, nem a pressão da torcida sobre o Flamengo, principalmente as vaias na direção de Pará e Alan Patrick, foram suficientes para impedir o time carioca de assumir o controle do jogo. Na realidade, nem parecia que o time visitante brigava contra o rebaixamento, tal a sua morosidade. Assim, um dos perseguidos, Alan Patrick, abriu o placar aos 18 minutos, num chute de fora da área, contando com a falha de Paulo Henrique.


Aos 25, Emerson recebeu belo passe de Kayke, invadiu a área, mas chutou em cima do goleiro, perdendo praticamente a chance de liquidar. Bastou porém o Goiás lembrar do péssimo retrospecto do adversário. E jogar um pouquinho só, nada além disso, para chegar ao empate. Felipe Menezes cobrou falta, a zaga dormiu, e Erik desviou de Paulo Victor: 1 a 1. Fim de primeiro tempo. E tome vaia.

O Flamengo voltou com Jonas no lugar de Jajá. O problema do Goiás foi ter esquecido que também é medíocre e regressou, a exemplo do começom, novamente sonolento, tomando dois gols em cinco minutos. No primeiro, Pará cruzou, Paulo Henrique rebateu e Alan Patrick apanhou a sobra. No outro, Kayke recebeu lançamento longo de Jorge e tocou na saída do goleiro: 3 a 1. Daí em diante, o visitante jogou definitivamente a toalha. Alan Patrick cobrou falta - de Felipe Macedo em Pará - e Kayke completou de cabeça: 4 a 1.

Restou ao Goiás sentir o gostinho do rebaixamento, ao acordar e perceber que havia tomado de quatro de um adversário que perdeu metade dos jogos que fez no Brasileiro.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 4 X 1 GOIÁS

Local: Maracanã, em Rio de Janeiro (RJ)
Data: 8/11/2015, 17h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (FIFA/SP)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Alex Ang Ribeiro (SP
Público/Renda: 12.634 pagantes / R$ R$ 513.917,50.
Cartões Amarelos: Wallace (FLA)
GOLS: Alan Patrick (18'/1ºT), Erick (46'/1ºT), Alan Patrick (2'/2ºT), Kayke (5'/2ºT), 

FLAMENGO: Paulo Victor, Pará, César Martins, Wallace e Jorge; Márcio Araújo, Jajá (Jonas - Intervalo) e Alan Patrick (Canteros 28'/2ºT); Gabriel (Everton 14'/2ºT), Kayke e Sheik. Técnico: Oswaldo de Oliveira

GOIÁS: Paulo Henrique; Clayton Sales, Felipe, Fred e Diogo; Rodrigo, Felipe Menezes (Arthur 13'/2ºT) e David (Ruan 30'/2ºT); Erik (Murilo Henrique 16'/2ºT), Bruno Henrique e Zé Love - Técnico: Danny Sergio