LANCE!
22/05/2016
17:52
Porto Alegre (RS)

O Flamengo se afundou ainda mais na crise ao tropeçar no confronto com o Grêmio em Porto Alegre – como acontece há 22 anos. O novo tropeço no Rio Grande do Sul, desta vez por 1 a 0, pela segunda rodada do Brasileirão, mantém o time na berlinda, em uma semana pós-eliminação vexatória na segunda fase na Copa do Brasil. Fred fez o gol da vitória do Imortal.

Com o resultado, o Flamengo continua com três pontos na Série A, enquanto o Grêmio chegou a quatro. Na próxima rodada, o Flamengo vai enfrentar a Chapecoense, quarta-feira, em Volta Redonda. Já o Grêmio visita o Atlético-MG, quinta-feira, no Independência.

Nem mesmo a mudança surpreendente na escalação rubro-negra – que começou a partida com Márcio Araújo e Gabriel, em detrimento a Willian Arão e Mancuello – evitou o mau resultado.

O discurso do técnico interino Jayme de Almeida antes da partida foi que o intuito era apertar a marcação no meio, além de montar duas linhas de quatro defensivas. Mas o que se viu na prática foi um Flamengo dando espaços para passes em profundidade e, por outro lado, não conseguindo encaixar contra-ataques.

Na primeira metade da etapa inicial, o Flamengo até chegou a dominar, com trocas de passes mais dinâmicas no campo de ataque. No entanto, Marcelo Grohe não foi ameaçado de forma mais intensa. O Rubro-Negro abusou de cruzamentos errados cujo alvo era um bem marcado Guerrero. Ou seja, vida tranquila para o Grêmio.

O time da casa que só a partir da metade do primeiro tempo passou a levar mais perigo, só não abriu o placar ainda na etapa inicial por causa de Paulo Victor. O goleiro fez intervenções importantes para impedir que as bolas nas costas da zaga tivessem o fundo das redes como destino.

A tônica nos primeiros minutos do segundo tempo seguia a mesma até que outro ponto fraco da defesa do Flamengo foi explorado: a bola pelo alto. Com uma liberdade impressionante, o zagueiro Fred fez o gol gremista. Deu mole o jovem defensor Léo Duarte.

Mesmo com as substituições (entraram Marcelo Cirino, Ederson e Willian Arão), o Flamengo só conseguiu pressionar, de fato, lá para depois dos 40 minutos (e ainda escapou de levar gol no contra-ataque). Tarde demais. O jeito foi voltar ao Rio com mais uma derrota para lidar.

GRÊMIO 1 X 0 FLAMENGO
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 22/5/2015, às 16h
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Anderson de Moraes Coelho (SP)
Cartões amarelos: Luan, Fred, Maicon (GRE); Guerrero, Everton (FLA)
Gols: Fred, 8'/2ºT (1-0)
Renda/Público: R$ 522.592,00 / 15.976 pagantes

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Fred e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Giuliano (Pedro Rocha, 29'/2ºT), Luan e Bolaños (Douglas, 37'/2ºT); Bobô (Everton, intervalo). Técnico: Roger

FLAMENGO: Paulo Victor; Rodinei, Juan, Léo Duarte e Jorge; Cuellar (Willian Arão, 32'/2ºT), Márcio Araujo e Alan Patrick; Éverton (Ederson, 25'/2ºT), Gabriel (Marcelo Cirino, 25'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Jayme de Almeida