Russel Dias
22/06/2016
23:41
Cariacica (ES) 

Há cinco anos um garoto revelado na base era o protagonista do título da Libertadores do Santos, o terceiro da história. Na noite desta quarta-feira, outro garoto, dessa vez Gabigol, resolveu comemorar no melhor estilo: decidindo. Foi ele o protagonista da vitória do Peixe sobre o Fluminense por 4 a 2, pela 10ª rodada do Brasileirão, em Cariacica, no Espírito Santo. Veja a repercussão da partida e os lances da vitória alvinegra.

Apesar da festa santista, a alegria começou com o Tricolor. Logo aos 7 minutos, Cícero chutou perto da trave. Aos 14, Marcos Júnior, que também é garoto revelado na base, aproveitou a falha da defesa alvinegra para abrir o placar.

A reação do Peixe veio só no fim do primeiro tempo. Aos 39, Cittadini lançou Rodrigão, que venceu Gum na corrida e igualou o placar. Oito minutos depois, o Santos insistiu no lado direito da defesa do Flu, que aceitou a enfiada de Vitor Bueno. Foi ali que Gabigol apareceu para mandar na partida. Em uma batida seca, venceu Cavalieri e virou o jogo para o visitante.

No segundo tempo, o Fluminense parecia buscar uma reação, mas acabou dando espaço. Explorando o contra-ataque, o Santos avançou com Cittadini, que buscou Rodrigão. O estreante dividiu com Wellington Silva, que deixou Gabigol livre novamente para estufar as redes, como fazia Neymar em 2011.

Embora o Fluminense tenha diminuído, com Marcos Júnior novamente, aos 20 da segunda etapa, o Peixe sacramentou a vitória com o zagueiro Luiz Felipe, aos 27, de cabeça após cobrança de escanteio.

Magno Alves ainda tentou diminuir para o Tricolor, mas parou em Vanderlei, que havia feito pelo menos três defesas difíceis.

Lucas Lima, com a forma física aprimorada, saiu do banco só na segunda etapa, mas não ofuscou o protagonismo de Gabigol.

Apesar da derrota, o Fluminense não tem mais o pior ataque do Brasileirão, agora com dez gols. A vitória é a segunda do Santos fora de casa no Brasileirão. Com 16 pontos, o Alvinegro chega à 5ª colocação. O Flu cai para 13º e soma sua segunda derrota consecutiva.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 4 SANTOS


Local: Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES)
Data/horário: 22 de junho de 2016, quarta-feira, às 21h45
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)
Público pagante/renda: 4721 pessoas / R$ 177.312,00
Cartões amarelos: Giovanni (FLU); Luiz Felipe (SAN)
Gols: Marcos Júnior 13'1T (1-0); Rodrigão 38'1ºT (1-1); Gabriel 47'1ºT (1-2); Gabriel 5'2ºT (1-3); Marcos Júnior 20'2ºT (2-3); Luiz Felipe 27'2ºT (2-4)

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Jonathan (Giovanni 23'2ºT), Henrique, Gum e Wellington Silva; Pierre (Maranhão 9'2ºT) e Douglas; Cícero, Gustavo Scarpa e Marcos Júnior (Osvaldo 37'2ºT); Magno Alves.Técnico: Levir Culpi

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Zeca; Thiago Maia, Renato, Vitor Bueno (Yuri 35'2ºT) e Léo Cittadini (Lucas Lima 23'2ºT); Gabriel e Rodrigão (Joel 28'2ºT). Técnico: Dorival Júnior