RADAR / LANCE!
13/06/2016
16:33
Rio de Janeiro (RJ)

Em um Brasileirão cada vez mais quente, a 7ª rodada vai traçando um panorama sobre o que cada torcedor pode esperar de seu clube de coração. Especialistas do LANCE! veem com bons olhos a regularidade do Internacional no início da competição, mas destacam que o Palmeiras, a cada rodada, vai indicando um bom trabalho, enquanto os cariocas prometem dar dor de cabeça.

Confira o balanço da rodada!

JOÃO CARLOS ASSUMPÇÃO - Colunista do LANCE!

O Palmeiras chamou a atenção mais uma vez. Cuca, aos poucos, vai colocando o dedo na equipe, que começa a engrenar. Já o Internacional fez o dever de casa e segue na liderança, mas devemos ter uma disputa mais acirrada pelos primeiros lugares nas próximas rodadas. Já o São Paulo continua oscilando demais, e não parece ter chances de título. Vai ter de focar na Libertadores. A grata surpresa foi o Santos, que venceu fora de casa.

O clássico entre Atlético-MG e Cruzeiro foi repleto de gols, mas decepcionou por não ter qualquer padrão tático.  Entre os cariocas, porém, segue a maior decepção. O Flamengo mantém o departamento de futebol rachado, o Fluminense não mostra qualquer criatividade, e o Botafogo demonstra muita insegurança dentro e fora de campo. A Cidade Maravilhosa tende a passar por dias turbulentos.

EDUARDO MANSELL - Editor do LANCE!

A rodada teve o Internacional e o Palmeiras como vitoriosos. O Colorado não teve problemas para se impor contra o América. O Verdão deu demonstração de força ao bater o Corinthians sete dias depois de ter vencido o Flamengo. O time de Cuca vem ganhando corpo e mostrando que vai brigar muito pelo caneco. Destaco ainda a confirmação da queda de produção do Santa Cruz, que surgiu como atração no começo, mas que perdeu novamente. O Botafogo precisa acordar rapidamente e o Fluminense teve um choque de realidade sobre como será a vida sem uma referência no ataque. O Flamengo apresentou mais do mesmo contra um Figueirense de Rafael Moura, em boa fase. O São Paulo segue sem entrar no Campeonato Brasileiro e de olho apenas na Libertadores.