RADAR / LANCE!
17/06/2016
13:47
Rio de Janeiro (RJ)

A maneira como os clubes lidarão com a sequência do Brasileirão vai se desenhando aos poucos. Nesta 8ª rodada, os especialistas do LANCE! já chegaram a arriscar uma equipe que vai pintando como favorita, e trouxeram sinal de alerta a clubes de ponta no cenário nacional.

Confira o panorama da rodada, que trouxe uma certa coincidência nos triunfos.

EDUARDO TIRONI - Colunista do LANCE!

A vitória do Internacional realmente chamou a atenção. Ao contrário de outros jogos, a equipe foi criativa e veloz, e a partida foi bem interessante.

Agora, os mineiros precisam ficar atentos. Deixo uma atenção especial ao Atlético-MG, que não vem jogando nada. No Beira-Rio, a atuação foi horrível, com a dupla Robinho e Fred atuando pessimamente.



EDUARDO MANSELL - Editor do LANCE!


A rodada do meio de semana mostrou que o Internacional está cada vez mais regular e conseguiu se impor bem jogando em casa contra o Atlético-MG. O Palmeiras, que mostra claramente que vai brigar lá em cima, perdeu a chance de encostar ainda mais no Colorado. Com o empate em Chapecó, onde é sempre complicado pontuar, o Grêmio também deu sua demonstração de força.

Grata surpresa vem sendo o Santos, que vem crescendo pelas beiradas e já está no G4. Cruzou no meio do caminho com o Corinthians, que vive aquele momento de mostrar pelo que pretende brigar. O Flamengo ainda não se decidiu, mas foi fundamental vencer o Cruzeiro.

O Botafogo respirou aliviado graças a Sassá, em grande noite. Por falar em noite, quem vive na escuridão é o futebol mineiro, com seus três representantes na zona de queda. O único que dá sinais claros de que logo vai reagir é o Galo. O Cruzeiro parece uma incógnita e o Coelho ano que vem deve mudar de divisão.

VALDOMIRO NETO - Editor e colunista do LANCE!


O primeiro ponto a se destacar da rodada do meio de semana é o predomínio dos times mandantes - uma tendência no Brasileirão. Dos dez jogos, em oito a equipe da casa prevaleceu (houve apenas um empate e só o Flamengo triunfo como visitante).

O único que perdeu em casa é justamente o de pior desempenho até aqui em casa. O Cruzeiro não venceu nenhum duelo que fez no Mineirão - seu triunfo em Belo Horizonte foi no Independência, no clássico contra o Atlético-MG. A vitória rubro-negra anima o torcedor, especialmente pelo desempenho da novíssima dupla de zaga, Réver e Rafael Vaz. O primeiro fez o gol da vitória e mostrou que será uma boa alternativa em jogadas aéreas.

Por fim, destaco o Internacional, que mostrou consistência mais uma vez ao derrotar o desorganizado Atlético-MG. O Colorado lidera com altíssimo aproveitamento de pontos: 79,1%. Seis vitórias em oito jogos é bastante coisa e a equipe de Argel se credencia como uma das favoritas ao título.