Ana Canhedo
10/06/2018
20:57
Santos (SP)

No penúltimo compromisso antes da pausa para a disputa da Copa do Mundo, o Internacional venceu o Santos, por 2 a 1, com gols de Leandro Damião, de pênalti (abrindo o placar), e Victor Cuesta, de cabeça, em jogo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Gabriel, também de penalidade, empatou para o Peixe, mas viu o zagueiro argentino sacramentar o revés alvinegro quase que no lance seguinte. Lucas Veríssimo, após reclamar de maneira agressiva com o bandeira, acabou expulso no começo da etapa final.

O Peixe volta a campo na quarta-feira para enfrentar o Fluminense, no Maracanã, no Rio de Janeiro e, com dez pontos, estacionou na décima colocação na tabela. No mesmo dia, o Inter recebe o Vasco, no Beira-Rio. O Colorado é o quinto.

Nervos a flor da pele
O Santos voltou para a etapa final do jogo disposto a empatar o placar, depois de sofrer gol de pênalti de Leandro Damião ainda no primeiro tempo. O problema é que uma série de erros culminaram na derrota alvinegra. Aos seis, o zagueiro Moledo trombou com Gabigol na área, o camisa 10 caiu e o juiz marcou a infração - duvidosa, bem como a primeira. Na cobrança, Gabriel anotou.

Logo depois de dar a saída de bola no meio-campo, o Inter já voltava a ficar à frente no placar. Lucca cobrou falta e Victor Cuesta subiu mais alto que todos da defesa para marcar de cabeça. Em reação completamente desmedida por ter se achado vítima de uma falta, o zagueiro Lucas Veríssimo reclamou de maneira extremamente agressiva com o bandeira e acabou expulso pelo árbitro, obrigando Jair a recompor a defesa, sacando Gabriel de campo.

Daí para frente, o Inter passou a administrar com calma a vantagem construída no placar. O Santos, um tanto quanto desorganizado e atônito com a expulsão do beque e a desconfiguração de seu ataque, teve dificuldades para reagir. Um chute de fora da área de Bruno Henrique foi o mais perto que o Alvinegro pôde chegar do segundo gol.

Damião 100 perdão
No começo do jogo, o Internacional aproveitou os espaços cedidos pelo Santos em seu campo de defesa e abriu o placar após boa jogada do lateral Iago, que disputou bola com Renato na grande área e viu o juiz marcar pênalti duvidoso. Na cobrança, Leandro Damião bateu no meio bem e fez seu gol de número 100 com a camisa do Colorado. Ex-jogador do Peixe, pouco comemorou. Muita reclamação pelo lado santista.

Futebol x resultado
Melhor na primeira etapa, o Peixe ficou mais com a bola e teve boas chegadas ao ataque, com jogadas construídas desde a defesa. Uma linda assistência de Gabigol pela direita terminou em bola na trave de Eduardo Sasha. Rodrygo, bastante participativo, também levou perigo. O Inter, por sua vez, soube se fechar atrás e aproveitar as saídas rápidas ao ataque para abrir o placar na Vila Belmiro, acabando o primeiro tempo com nove chutes a gol. Destaque para Lucca e Pottker, ambos com chances boas de gol.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 2 INTERNACIONAL


Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data-horário: 10-06-2018, domingo, às 19h00
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhaes (Fifa) (RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazone (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)
Público/renda: 8124 pessoas e R$ 179.645, 00
Cartões amarelos: Jean Mota, Diego Pituca (Santos); Pottker, Edenílson (Internacional)
Cartões vermelhos: Lucas Veríssimo (Santos)
Gols: Leandro Damião,aos 33'1ºT (0-1) (de pênalti); Gabriel, aos 6'2ºT (1-1) (de pênalti); Victor Cuesta, aos 8'2ºT (1-2)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Diego Pituca, Renato e Jean Mota (Bruno Henrique, no intervalo); Gabriel (Gustavo Henrique, aos 12'2ºT), Eduardo Sasha (Léo Cittadini, aos 26'2ºT) e Rodrygo. Técnico: Jair Ventura.

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes (Daniel, no intervalo); Fabiano, Moledo, Cuesta e Iago; Rodrigo Dourado; Edenílson, Pottker, Patrick e Lucca (Nico López, aos 31'2ºT); Leandro Damião (Rossi, aos 40'2ºT). Técnico: Odair Hellmann.