Vinícius Britto
04/09/2016
18:10
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo não vencia o Grêmio desde 2011. Mas isso ficou no passado. Com intensidade de sobra, o Glorioso venceu o Grêmio por 2 a 1, neste domingo, na Arena da Ilha, chegou aos 29 pontos e se distanciou mais da zona de perigo. Camilo - com uma bicicleta de cinema - e o artilheiro Sassá garantiram o triunfo. Batista descontou para os gaúchos.


O primeiro tempo foi de domínio absoluto do Glorioso, que parecia querer responder a torcida depois da pesada derrota para o Cruzeiro na Copa do Brasil. E o time mostrou o seu melhor, com infiltrações e muita velocidade, além de um Luis Ricardo inspirado. Primeiro o lateral recebeu livre, de Bruno Silva, e cruzou na área. Camilo, de bicicleta, aos 20, acertou uma pintura na Arena da Ilha.

E o Botafogo e seu lateral-direito, que foi capitão no jogo, não parariam por aí: oito minutos depois, aos 28, ele deixou Sassá livre. O artilheiro do Brasileiro, com 10 gols, ao lado de Robinho e Gabriel Jesus, não perdoou: Alvinegro 2 a 0. Nem mesmo a lesão de Fernandes, que saiu machucado e deu lugar a Dudu Cearense, desanimou o meio-campo alvinegro, que manteve a intensidade e deu poucos espaços até o final da primeira etapa.

No segundo tempo, conforme o Botafogo buscou administrar a vantagem, o Grêmio cresceu. Roger trocou Luan de lado, dando maior liberdade ao camisa 7. Pelo meio, ele apareceu mais. E foi assim que ele serviu Batista, que driblou Sidão e descontou, aos 34 do segundo tempo. Contudo, a equipe gaúcha era pouco incisiva. Quase não finalizava. Com a trinca Airton, Bruno Silva e Dudu Cearense correndo muito, o técnico Jair Ventura buscou se fechar e explorar a velocidade de Pimpão, que substituiu Sassá.

Mesmo com a diferença apenas de um gol, o time de Roger Machado não teve força para pressionar no final. Assim, os alvinegros mantiveram a posse de bola na frente e, mesmo não finalizando, conseguiu manter o adversário longe de sua meta. Na volta a Arena Botafogo em jogos pelo Brasileiro, o Botafogo vence, se afasta da parte de baixo e deixa o rival fora do G4.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 GRÊMIO


Local: Estádio Luso-Brasileiro, na Ilha do Governador (RJ)
Data-hora: 4/9/2016, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Wagner Rewat (MT)
Assistentes: Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Fabio Rodrigo Rubinho (MT)
Público/Renda: 4738 pagantes / R$ 143.720,00

Cartões amarelos: Emerson, Airton e Cali (BOT); Luan, Edilson e Maicon (GRE)

Gols: Camilo - 20'/1ºT (1-0), Sassá 28'/1ºT (2-0) e Batista - 34'/2ºT (2-1)

BOTAFOGO: Sidão, Luis Ricardo (Emerson Silva - 36'/2ºT), Carli, Emerson e Victor Luis; Airton, Fernandes (Dudu Cearense - 28'/1ºT) , Bruno Silva e Camilo; Neilton e Sassá (Rodrigo Pimpão - 16'/2ºT) - Técnico: Jair Ventura

GRÊMIO: Bruno Grassi, Edílson, Wallace Reis, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace (Ramiro - 14'/2ºT), Maicon (Kaio- 32'/1ºT), Jaílson e Douglas; Luan e Henrique Almeida (Batista - 14'/2ºT) - Técnico: Roger Machado.