Montagem - Guerrero x Walter

 Guerrero e Walter têm altos e baixos com as camisas de respectivos clubes rubro-negros

RADAR / LANCE!
05/08/2016
17:23
Rio de Janeiro (RJ)

Além da busca por se manter no pelotão da frente do Brasileirão, a partida entre Flamengo e Atlético-PR marcará um "tira-teima à parte": o peruano Guerrero ou o "gordinho" Walter realmente poder de decisão? Os artilheiros dos dois rubro-negros são marcados por altos e baixos por seus respectivos clubes.

Guerrero acertou com o fla em maio de 2015, mas só estreou depois da Copa América, torneio onde foi artilheiro com quatro gols, em julho, na vitória sobre o Internacional por 2 a 1, em Porto Alegre. Ele abriu o placar logo aos 8 minutos da partida e ainda deu passe para o segundo gol.

Nos dois jogos seguintes, contra Grêmio, pelo Brasileirão, e Náutico, pela Copa do Brasil, mais dois gols. Apesar do bom começo, Guerrero entrou em má fase e só fez mais um gol até o final da temporada.

Em 2016, seus números melhoraram e ele já soma 13 gols com a camisa rubro-negra nesta temporada. A exemplo de 2015, ele voltou voando da Copa América. O Flamengo disputou nove jogos. Guerrero, sete. Ao longo destas sete partidas, quatro gols, e duas assistências.

Já Walter iniciou a campanha no Atlético-PR com números otimistas: foram 11 gols em 38 jogos, e artilharia da equipe no ano. Só que esta temporada começou sob desconfiança, com dois gols e duas assistências em seis meses. A mudança de astral, porém, veio com a "mãozinha da numerologia": após o anúncio de que trocaria a camisa 18 pela 19, o "gordinho" marcou três gols em três jogos (dois deles contra o então líder do Brasileirão, Corinthians).

Mesmo com a saída do 'inferno astral" de Walter, porém, os especialistas do LANCE! seguem apostando em Guerrero neste duelo. O editor Carlos Alberto Vieira vê o peruano e a equipe montada por Zé Ricardo como trunfos no Kleber Andrade:

- O Guerrero, sem dúvidas. Além de ser melhor tecnicamente, o Flamengo é um time melhor como conjunto e que ainda tem o fator casa a seu favor.

Colunista do LANCE!, João Carlos Assumpção crê que a postura do Flamengo contribua para que Guerrero tenha mais oportunidades:

- Acho que o Guerrero. É um jogador melhor e pela forma como o Flamengo deve entrar em campo, propondo o jogo.