Marcio Porto
23/06/2016
22:56
São Paulo (SP)

A noite fria no Morumbi não estava para o São Paulo. A equipe da casa estreou novo uniforme, mas deixou a desejar em campo e apenas empatou com o Sport em 0 a 0 na noite desta quinta-feira. O Tricolor perdeu a chance de entrar no G4 contra um time que, além de ter jogado pouco, faz morada na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. E antes fosse o resultado o único problema. Veja a repercussão nos vestiários.


Para completar a jornada ruim no dia em que o São Paulo jogou com a camisa 2 (listrada) no Morumbi, o técnico Edgardo Bauza pode ter ganho um problemão para as semifinais da Libertadores. No segundo tempo, o atacante Kelvin arrancou para o gol como de costume, mas parou nas dores. Com uma fisgada na coxa esquerda, foi ao chão e logo teve de ser substituído por Centurión. O jogo de ida das semifinais é no dia 6 de julho, contra o Atlético Nacional (COL), no Morumbi. São mais 14 dias para o importante jogador se recuperar de um problema que, geralmente, exige até um mês de tratamento. Para piorar: Centurión, o substituto, está suspenso do jogo contra os colombianos por ter sido expulso nas oitavas de final contra o Toluca (MEX). Que fase...

Voltando ao jogo, as duas equipes economizaram no futebol. O São Paulo tomou sempre a iniciativa, mas desperdiçou as principais (e poucas) chances. Ganso perdeu gol que não pode perder, Michel Bastos finalizou mal na cara do goleiro, Ytalo deixou o torcedor com saudade de Calleri, suspenso. Do outro lado, foi com as arrancadas de Diego Souza que o Sport se aproximou do gol, sobretudo no primeiro tempo. Ele entortou Maicon duas vezes e levou perigo a Denis.

Por falar em Maicon, o zagueiro são-paulino fez talvez a sua pior partida desde que chegou ao Morumbi, por mais que no fim tenha levado perigo em cobrança de falta. Isso a uma semana do término de seu contrato. Mais uma preocupação para o São Paulo: a diretoria vai conseguir renovar o vínculo, única maneira de ele atuar na Libertadores? Fica a dúvida...

A certeza é que, assim como contra Internacional (1x2) e Atlético-PR (1x2), o São Paulo ficou devendo futebol em casa e perdeu pontos preciosos, tanto par aa disputa no Brasileiro, quanto para tranquilizar as coisas para a Libertadores. Vá lá reclamar de um pênalti de Matheus Ferraz em Ytalo, mas... O alerta está ligado no Morumbi. Já na Ilha do Retiro, já está mais do que vermelho, apesar do empate ter sido bom.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 0 X 0 SPORT

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Auxiliares: Raphael Trombeta (PR) e Pedro Christino (PR)
Cartões amarelos: Edmílson e Samuel Xavier (SPO)
Público e renda: 11.145 / R$ 321.698,00

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Matheus Reis; Thiago Mendes, João Schmidt (Luiz Araújo 28' 2ºT), Ganso, Michel Bastos e Kelvin (Centurión 13' 2ºT); Ytalo (Alan Kardec 22' 2ºT). Técnico: Edgardo Bauza

SPORT: Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Durval e Rodney Wallace; Serginho (Rodrigo Mancha 27' 2ºT), Rithely, Gabriel Xavier, Everton Felipe (Luiz Antonio 39' 2ºT) e Diego Souza; Edmílson (Lenis 36' 2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira