Campeonato Brasileiro - Seleção da 33ª Rodada

Campeonato Brasileiro - Seleção da 33ª Rodada

LANCE!
02/11/2015
11:16
São Paulo (SP)

Somente duas equipes formaram a Seleção LANCE! da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro. O quase campeão Corinthians, que derrotou o vice-líder Atlético-MG fora de casa por 3 a 0, com oito representantes e mais o técnico Tite, e o Santos, que venceu o clássico com o Palmeiras, com três atletas.

O Timão ainda teve o craque da rodada, Jadson, segundo avaliação da equipe LANCE! Confira a seleção completa.

Cássio - goleiro - Corinthians - 7,0
Seguro, símbolo da perfeição defensiva que anulou as principais jogadas atleticanas, principalmente pelo alto.

Edílson - lateral-direito - Corinthians - 7,0
Não sentiu a pressão novamente e manteve o nível na direita. Melhorou muito nos últimos jogos.

Felipe - zagueiro - Corinthians - 7,5
Participou do primeiro gol ao conduzir a bola pela direita, sendo ainda mais eficiente do que foi atrás. Competência.

Gil - zagueiro - Corinthians - 7,5
Comandante de um setor que funcionou muito bem no campeonato inteiro e neste domingo, sobretudo. É dos grandes.

Zeca - lateral-esquerdo - Santos - 7,0
Cruzamento perfeito para gol de Maia. Boa opção ofensiva. Também não seguiu Dudu no lance do gol palmeirense.

Thiago Maia - volante - Santos - 7,0
Finalizou com perfeição a perfeita jogada do Santos que começou com Braz na defesa. Combateu o tempo inteiro.

Renato Augusto - meia - Corinthians - 8,5
Não é o árbitro, mas o jogo é disputado como ele quer. Soberano em controlar cada movimento. Brilhante.

Jadson - meia - Corinthians - 8,5
Sua técnica decidiu o campeonato, praticamente. Mais duas assistências e o aviso aos rivais: não deem espaço a ele.

Malcom - atacante - Corinthians - 7,5
Infernal pelos lados, deixou sua marca. Garoto se faz presente num time muito encaixado.

Vagner Love - atacante - Corinthians - 8,0
Na bola que pegou depois de muito se movimentar, bateu com firmeza e deixou sua marca. Ressurgiu de vez.

Ricardo Oliveira - atacante - Santos - 8,0
Inteligente, deu drible de corpo no primeiro gol, enganando a defesa rival, e fez o segundo, o 20º no Brasileiro.

Técnico: Tite - Corinthians - 8,0
Sua equipe foi soberana durante a maior parte do jogo. Com calma, soube esperar até liquidar o rival. Merecimento.