Daniel Bortoletto
11/09/2016
17:53
Belo Horizonte (MG)

O Botafogo deve comemorar muito. Neste domingo, o Alvinegro conseguiu mais um excelente resultado ao vencer o Cruzeiro, time com melhor campanha no returno do Campeonato Brasileiro, no Mineirão, por 2 a 0, gols de Canales, o primeiro dele pelo clube, e Camilo, outra pintura.

Com as derrotas de Figueirense e Internacional, os cariocas ficaram oito pontos acima do Z4 após 24 rodadas. Rebaixamento, no momento, já parece algo superado, um alívio para quem passou grande parte do turno entre os últimos colocados. O torcedor, que até já chama Camilo, Sassá e Neilton de trio CSN, ao alusão ao famoso MSN (Messi, Suárez e Neymar) do Barcelona, vê o G4 a cinco pontos de distância. E tem todo direito de se animar e sonhar com um fim de ano melhor.

A atuação diante da Raposa é digna de aplausos. Nada de postura extremamente defensiva e pressão recebida. Tanto que no primeiro tempo foram mais chances criadas do que o próprio Cruzeiro (oito conclusões contra cinco). Victor Luis arriscou bom chute de longe e Neilton teve uma chance cara a cara para marcar, mas Rafael defendeu. O melhor momento mineiro foi em uma cobrança de falta de Rafael Sobis, defendida por Sidão.

Na volta para o intervalo, Jair Ventura trocou Sassá por Canales. Já o Cruzeiro voltou com uma postura mais ofensiva, pressionando a saída de bola e criando lances perigosos em faltas e escanteios. Mas o avanço dos donos da casa criou espaço para o Fogão matar o jogo nos contra-ataques. Aos 20 minutos, Canales aproveitou passe de Victor Luis para abrir o marcador. Aos 33, Camilo, em uma bela finalização de primeira, marcou o segundo e sacramentou a décima vitória do Alvinegro na competição.

CRUZEIRO 0 X 2 BOTAFOGO
Data/hora: 11/9 - 16h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Rafael Traci (PR)
Auxiliares: Bruno Boschilia (PR-Fifa) e Luciano Roggenbaum
Renda e público: R$ 700.430,00 / 28.569 pagantes
Cartões amarelos: Arrascaeta, Ábila, Willian, Carli e Bruno Silva
Gols: Canales, 20'/2ºT (0-1) e Camilo, 33'/2ºT (3-1)

Cruzeiro: Rafael, Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar; Ariel Cabral (Lucas Romero, 13'/2ºT), Henrique e Robinho (Willian, 29'/2ºT); Arrascaeta, Rafael Sóbis (Alisson, 17'/2ºT) e Ábila - Técnico: Mano Menezes.

Botafogo: Sidão, Emerson, Carli, Emerson Silva e Victor Luís (Nuñez, 41'/2ºT); Dudu Cearense, Bruno Silva, Diogo Barbosa e Camilo; Neilton (Rodrigo Pimpão, 21'/ºT) e Sassá (Canales, Intervalo) - Técnico: Jair Ventura.