Russel Dias e Vinicius Britto
14/09/2016
22:01
Rio de Janeiro (RJ) 

O Santos derrotou o Botafogo por 1 a 0, no Rio de Janeiro, graças a um golaço do lateral Zeca. E foi dele a nota mais alta da partida, na avaliação do LANCE! Outros destaques foram o goleiro Vanderlei e o volante Renato. Do lado botafoguense, os melhores foram Sidão, Emerson e Bruno Silva. Confira as notas do duelo: 

BOTAFOGO

6,0
SIDÃO

A bicicleta valeu o ingresso. No gol, foi pouco exigido. Nada pode fazer na bela finalização de Zeca.

6,0
EMERSON

Mesmo sem ser lateral, fechou bem atrás e ainda ofereceu perigo nas chegadas ao campo de ataque.

5,5
RENAN FONSECA

Ficou vendido com o erro de Neilton no primeiro gol. De resto, foi tranquilo no combate.

5,5
EMERSON SILVA

Pesado, tinha dificuldades de acompanhar o veloz Santos. Assim como Renan, não comprometeu.

5,5
VICTOR LUIS

Pouco apareceu no jogo. Ficou muito recuado. Seu lado foi bem explorado pelo adversário.

5,0
DUDU CEARENSE

Diferentemente do que aconteceu contra o Cruzeiro, esteve bastante desatento e errando muitos passes simples.

6,0
BRUNO SILVA

Correu demais. É quem mais aparece para ajudar na saída de bola. Não se omitiu na partida.

5,5
DIOGO BARBOSA

Bastante intenso e presente no primeiro tempo. Na etapa final, completamente nulo. Extremos.

5,5
CAMILO

Foi a cabeça pensante no meio. Descolou bons cruzamentos, mas nenhum foi aproveitado. Cansou no final.

4,5
NEILTON

Perdeu a bola no campo de defesa no gol do santista Zeca. Ofensivamente, não esteve em um dia feliz. Muitos erros.

5,0
CANALES

Perdeu quase todas e não prendeu a bola. Quando teve a chance, acabou desperdiçando. E fez falta.

5,5
RODRIGO PIMPÃO

Entra sempre muito elétrico. Até por isso, toma muitas decisões precipitadas. Mas deu correria.

5,0
VINÍCIUS TANQUE

O curioso foi que, apesar de ser forte, o time quase não tentou bola nele. Ficou sumido, isolado.

6,0
LEANDRINHO

Jogou nove minutos. Nesse tempo, buscou o jogo, distribuiu e quase foi herói, mas parou em Vanderlei.

5,0
JAIR VENTURA

Apesar da pressão, seu time botou pouco a bola no chão. Muito chutão e cruzamentos. Não deu certo.

SANTOS

7,0
VANDERLEI

Impediu gol contra de Gustavo Henrique e foi seguro durante os 90 minutos.

6,0
VICTOR FERRAZ

Cumpriu papel defensivo, por isso pouco subiu ao ataque. Jogou mesmo estando com uma virose. 

6,5
DAVID BRAZ

Mesmo sem ritmo de jogo, esteve bem posicionado para interceptações e rebatidas.

6,0
GUSTAVO HENRIQUE

Apesar de quase ter feito gol contra, interceptou muitos dos cruzamentos do Botafogo.

7,5
ZECA

Foi deslocado para a direita pelo segundo jogo consecutivo. Antes, fez um golaço.

7,0
RENATO

O mais calmo do time. Buscou alternativas para os erros na saída de bola, mas recuou com o time.

6,0
THIAGO MAIA 

Pecou em alguns passes à frente da zaga. Não deixou de fazer desarmes que está acostumado.

5,5
LUCAS LIMA

Também errou passes exageradamente. Abaixo do que pode fazer.

6,0
VITOR BUENO

Desacelerou contra-ataques quando esteve com a bola e criou opções para ajudar Lucas Lima.

6,5
JEAN MOTA 

Não conseguiu se adaptar ao posicionamento de Copete. Conseguiu segurar o jogo.

6,0
RICARDO OLIVEIRA 

O que menos participou do jogo, já que foi pouco acionado pelos companheiros.

6,0
CAJU

Demorou para se ajustar ao sistema defensivo, mas conseguiu manter a regularidade da defesa.

6,0
YURI

Entrou para dar consistência e reforçar o meio de campo na marcação.

5,5
LUCAS VERÍSSIMO

Jogou menos de dez minutos. Entrou para fechar mais o time, aos 42 minutos dos segundo tempo.

6,5
DORIVAL JÚNIOR

Colocou a vitória em risco ao optar por segurar o jogo cedo. Não deixou o time perder a calma.