Nenê - Vasco (Foto: Reginaldo Castro/L!Press)

Nenê comandou a vitória do Vasco (Foto: Reginaldo Castro/L!Press)

Ana Canhedo e Alexandre Araújo
08/11/2015
20:32
Em São Paulo (SP) e no Rio de Janeiro (RJ)

A linha de defesa do Palmeiras teve fraca atuação na derrota da equipe em casa para o Vasco. O lateral João Pedro e Rafael Marques foram os piores do time, com a nota 4. Já pelo Vascão, destaques para Luan e Rafael Silva, autor de um dos gols, e principalmente para o veterano Nenê, o melhor em campo.


PALMEIRAS

5,5
Fernando Prass

Não foi o culpado direto pelos gols, mas não conseguiu evitar o chute de Nenê no segundo do Vasco.

4,0
João Pedro

Atrapalhado na marcação, sofreu para conter as avançadas de Rafael Silva. No ataque, ajudou pouco.

4,5
Jackson

Errou botes facéis e, junto com a linha de defesa, se atrapalhou em diversos lances atrás.

4,5
Vitor Hugo

Presente nos dois lances de gol do Vasco no primeiro tempo. Teve boa chance de cabeça no segundo.

4,5
Egídio

Cruzou muito. Nenhum funcionou. Falhou na marcação e recomposição em lances do jogo.

5,5
Thiago Santos

Se atrapalhou no segundo gol, mas foi importante na marcação e teve boa chance para marcar um gol.

5,5
Zé Roberto

Rendeu menos do que o esperado no meio-campo. Não ofereceu perigo ao adversário e criou pouco.

5,0
Robinho

Errou lançamentos fáceis, mas participou de grande parte das jogadas pelo meio palmeirense.

4,0
Rafael Marques

Não conseguiu fazer as vezes de Dudu e dar velocidade ao time. Criou pouco e saiu no intervalo.

6,5
Gabriel Jesus

Melhor do time no jogo, ajudou muito a defesa e se esforçou para levar perigo no ataque. Dedicado.

5,5
Lucas Barrios

Se movimentou bastante no ataque, mas teve poucas chances de chutar ao gol e ser efetivo.

5,5
Kelvin

Jogando pelos lados, teve algumas chances, mas errou dribles e não ajudou o Palmeiras a reagir.

5,5
Alecsandro

Centralizado à frente, não teve chances de chutar. A bola pouco chegou para tentar a finalização.

5,5
Fellype Gabriel

Em sua estreia, não se destacou no meio-campo. Pouco fez para mudar o cenário da partida.

4,5
Marcelo Oliveira

Escalou mal o time, sacou Matheus Sales que vinha rendendo. Substituições não funcionaram.


VASCO

6,5
Martin Silva

Fez defesas importantes, principalmente no segundo tempo, quando o Vasco foi pressionado.

6,5
Madson

Novamente foi uma das principais válvulas de escape do time. Foi bem defensivamente também.

6,0
Rodrigo

Teve boa contribuição em um setor que falhou muito pouco durante a partida

7,0
Luan

Foi um dos destaques do time. Mostrou segurança e fez diversos desarmes providenciais.

6,0
Julio Cesar

Ficou com a função mais presa à marcação, pouco subindo ao setor ofensivo. 

6,5
Diguinho

Defensivamente, foi bem, mas pecou na saída de bola. Balanço, porém, positivo.

6,5
Serginho

Apareceu em alguns momentos como elenco suspresa. Acertou nas saídas de bola.

6,0
Andrezinho

Fez boas ligações e levou perigo, mas, por outro lado, cometeu alguns erros bobos.

7,5
Nenê

Uma assistência e um gol. Experiente, comandou o meio de campo vascaíno.

7,0
Rafael Silva

Abriu o placar e, em jogada esquisita, ajudou Nenê a fazer o segundo. Teve boa atuação.

6,0
Riascos

Foi bastante participativo na partida, ajudando, inclusive, na marcação.

6,0
Julio dos Santos

Virou opção para povoar o meio de campo vascaíno quando o jogo já estava 2 x 0.

6,0
Eder Luis

Entrou já no fim, mas foi bem. Deu boas arrancadas e soube segurar a bola na frente.


Rafael Vaz

Entrou nos minutos finais, com o intenção de segurar o resultado, e atuou como volante.

7,0
Jorginho

Equipe foi muito bem no primeiro tempo e manteve o ritmo na etapa final.