Russel Dias
25/05/2016
21:50
São Paulo (SP) 

Nos acréscimos, o Santos deixou escapar a vitória diante do Figueirense, em Florianópolis. A expulsão do zagueiro Gustavo Henrique fez o técnico Dorival colocar a equipe atrás e o jogador acabou com a pior nota da partida. Por outro lado, Vitor Bueno deu conta do recado na ausência de Lucas Lima, que serve a Seleção, chamou a responsabilidade e fez um gol de pênalti. Confira as notas: 

FIGUEIRENSE 

5,0
Gatito

Sem culpa nos pênaltis. No mais, pouco exigido com bola rolando.

4,5
Ayrton

Prejudicou o time ao bater a mão na bola e cometer pênalti.

4,5
Jaime

Faltoso, cometeu outro pênalti em Joel no mano a mano.

5,0
Bruno

Eficiente pelo alto, sofreu nos outros aspectos. 

5,0
Marquinhos Pedroso

Teve o setor esquerdo mais sobrecarregado, mas pouco errou.

4,5
Elicarlos

Fez faltas em excesso no meio do campo.

4,5
Jocinei

Não conseguiu a agilidade necessária para a saída de bola.

5,0
Ferrugem

Agrediu pouco pela direita. Sofreu pênalti não marcado.

6,0
Bady

Apesar de diversos erros, serviu Rafael Moura para abrir o placar.

5,0
Guilherme

Muito discreto no primeiro tempo. Rapidamente substituído.

6,0
Rafael Moura

Precisou só de um lance na área para vencer Vanderlei e fazer o gol.

5,0
Dudu

Deu mais velocidade ao ataque do Figueirense, mas pouco criou.

6,0
Gustavo

Acertou belo chute para fazer o gol de empate.

5,5
Ortega

Com pouco tempo para fazer algo, ofereceu mais perigo ao Santos.

5,0
Vinícius Eutrópio

Deixou o time dar espaços para o Santos.

Brasileirão - Figueirense x Santos (foto:Gil Guzzo/Eleven)
Victor Ferraz disputa jogada  (foto:Gil Guzzo/Eleven)

SANTOS

6,5
Vanderlei

Sem culpa no gol de Rafael Moura. Impediu Jaime de marcar de cabeça espalmando para o lado do gol.

6,5
Victor Ferraz

Bem ofensivamente, deu trabalho para Pedroso. Foi parte  essencial nos ataques do Peixe.

6,0
David Braz

Ajudou a organizar a defesa. Foi o jogador do Santos que deu  condição para Rafael Moura no primeiro gol.

3,5
Gustavo Henrique

Vinha bem, até acertar o peito de Dudu e ser expulso corretamente no segundo tempo, comprometendo decisivamente o time. 

6,5
Zeca

Fez cortes providenciais para evitar as chegadas do Figueira.  Chutão foi desnecessário no gol de Rafael Moura.

7,0
Thiago Maia

Um dos melhores do Peixe na partida com diversas roubadas  de bola. Cometeu pênalti não marcado em Ferrugem.

6,5
Renato

Controlou o meio de campo no Orlando Scarpelli. Acelerou a  partida quando necessário e teve calma.

7,5
Vitor Bueno

Sem selecionados, chamou a responsabilidade, bateu pênalti  e foi para cima da marcação.

5,5
Rafael Longuine

Um dos piores em campo. Perdeu chance clara de gol no primeiro tempo e errou passes fáceis.

7,5
Joel

Bem posicionado, foi esperto ao colocar o corpo na frente ao  sofrer pênalti. Converteu bem a cobrança.

6,0
Paulinho

Muito discreto. Jogou aberto pelos lados, se alternando entre  esquerda e direita. Participou pouco.

6,0
Matheus Nolasco

Não teve chances para concluir em gol, sua especialidade.
Mas soube jogar com o time tendo 10 jogadores em campo.

6,5
Luiz Felipe

Entrou na vaga do expulso Gustavo Henrique e deu conta do  recado, sem passar insegurança.


Serginho

Entrou no fim. Não mudou em nada na partida.

7,0
Dorival Júnior

Um dos maiores responsáveis pela boa postura do Santos fora de casa. Fez o time jogar para frente até a expulsão de Gustavo Henrique.