Gabriel Carneiro e Wilson Baldini Jr.
20/08/2017
21:18
São Paulo (sp)

O Santos empatou com o Coritiba, no Couto Pereira, e chegou ao terceiro 0 a 0 seguido no Brasileirão. E, para variar, o goleiro Vanderlei destacou-se. No segundo tempo, ele fez uma defesa fantástico em chute de longa distância. Confira as atuações da partida:

CORITIBA 

6,5
Wilson

Fez duas boas defesas no segundo tempo, evitando nova derrota.

6,0
Léo

Muito ativo. Líder de desarmes do Coxa e bem frequente no campo de ataque.

5,5
Márcio

Desajeitado até quando acerta. Deu sustos, mas não comprometeu.

6,0
Walisson Maia

Mais seguro que o companheiro, especialmente pelo alto.

5,0
William Matheus

Ofensivamente, pouco ajudou na criação de sua equipe.

5,5
João Paulo

Número elevado de erros de passe e partida pouco produtiva.

5,0
Matheus Galdezani

Esperava-se mais. Mal teve a posse de bola para criar e ainda fez falta dura que rendeu só amarelo.

6,5
Alan Santos

Passe qualificado, saída tranquila e melhor chance do Coritiba, que terminou na trave do goleiro do Santos.

6,5
Carleto

Muito participativo, com bons lançamentos, passes e chutes perigosos.

6,0
Iago Dias

Quase fez um golaço no segundo tempo e ainda armou jogadas.

6,0
Alecsandro

Saiu da área para trabalhar a bola, arriscou lances... Foi bem.

5,5
Anderson

Muito discreto.

5,5
Neto Berola

Falta dura cedo e pouca participação efetiva nas jogadas do Coritiba.

5,5
Filigrana

Pouco acrescentou.

5,0
Marcelo Oliveira

Time não quis a bola em casa. Substituições não ajudaram.

SANTOS 

7,0
Vanderlei

Mais uma vez precisou mostrar suas qualidades. A defesa em chute de longa distância no início do segundo tempo foi sensacional.

6,0
Victor Ferraz

Sofreu com os constantes ataques paranaenses em seu setor, mas ainda teve fôlego para aparecer no ataque.

6,5
Lucas Veríssimo

Um "paredão". Rebateu todas as tentativas de ataque do Coritiba na área santista. Tanto nas bolas altas como rasteiras.

6,5
David Braz

Seguro, confiante, o dono da área santista. Não deu chance para o veterano Alecsandro.

5,5
Zeca

Sem inspiração, limitou-se a ficar na marcação. Talvez não sentiu confiança, pois Bruno Henrique não esteve bem no jogo.

5,5
Alison

Fez muito bem o trabalho de cobertura e ajudou Victor Ferraz na marcação. Poderia ter aparecido um pouco mais no campo de ataque.

6,0
Léo Cittadini

Incansável no trabalho de marcação e também na distribuição da bola no campo ofensivo.

6,0
Lucas Lima

Jogo foi difícil para o camisa 10. Municiar Bruno Henrique, Kayke e Copete foi complicado. O passe era bom, mas a volta nem tanto.

4,0
Bruno Henrique

Desconcentrado, não repetiu as boas atuações anteriores. Não teve iniciativa para sair da marcação e perdeu muitas bolas.

4,0
Copete

Outro que oscila demais na partida. Iniciou várias jogadas bem, mas falhou na hora de definir.

3,5
Kayke

Perdeu uma grande oportunidade no primeiro tempo. É bom jogador, mas parece que não se liga em algumas partidas.

5,0
Nilmar

Sem atuar por 15 meses e com 33 anos, o atacante mostrou vontade, mas foi visível a falta de ritmo. Mas foi mais perigoso que o Kayke.

6,0
Levir Culpi

Escalou o time com três atacantes, mas nenhum rendeu bem. Sem uma boa opção no banco, preferiu colocar o veterano Nilmar em campo.d