Thiago Ferri e Alexandre Guariglia
01/10/2017
18:09
São Paulo (SP)

Sidão! Foi este o nome que o torcedor do São Paulo gritou ao apito final, em tarde de vitória do Tricolor por 1 a 0 sobre o Sport. O resultado só foi possível por conta de duas defesas do goleiro no acréscimos, em jogo que os donos da casa sofreram mesmo diante de um adversário limitado. Confira as notas:

SÃO PAULO

7,5
Sidão

Fez duas defesas seguidas importantíssimas nos acréscimos. Salvou o resultado para o São Paulo no Morumbi.

6,5
Militão
Embora tenha tido bastante trabalho com as jogadas de fundo do Sport, deu pouco espaço. Boa atuação do camisa 13.

6,5
Arboleda
Ganhou em jogadas por baixo e pelo alto, antecipou-se bem e liderou o São Paulo em rebatidas. Vai se mostrando um achado no Tricolor.

6,0
Rodrigo Caio
Abaixo de Arboleda, mas fez também um jogo com poucos erros. Evitou uma chance clara do Sport, antecipando chute de André.

5,5
Edimar
O seu lado foi o que sofreu mais com as jogadas pelas pontas do Sport. No ataque não teve participação destacada.

6,5
Petros
Campeão em estatísticas: líder em desarmes, passes certos e tempo de bola no pé. Mesmo como primeiro volante, não cometeu faltas. Foi bem.

6,0
Hernanes
Mesmo sem uma grande apresentação desta vez, foi ele quem roubou a bola no início da jogada do gol do São Paulo.

6,5
Lucas Fernandes
Melhor jogador do primeiro tempo, participou das principais jogadas de ataque. Caiu de rendimento na etapa final e foi substituído.

6,5
Cueva
Também teve uma boa primeira etapa, distribuindo o jogo, mas piorou na segunda. Foi quem mais perdeu bolas no São Paulo: oito.

7,0
Marcos Guilherme
Perdeu chances quando o jogo ainda estava 0 a 0, mas foi preciso ao marcar o gol da vitória. Saiu com dores na etapa final.

5,5
Pratto
Longe de viver uma boa fase, foi quem mais desperdiçou passes no time. Ainda assim, criou a chance que poderia resultar o segundo gol.

5,5
Marcinho
Entrou para dar novo fôlego pelo lado esquerdo, mas não teve grande participação no segundo tempo.

6,0
Gomez
Apesar do pouco tempo, conseguiu participar da última grande chance são-paulina, ao lançar Pratto.

6,0
Shaylon
Com dois minutos em campo, teve a chance de matar a partida, mas parou em Magrão.

6,5
Téc: Dorival Júnior
O time foi correr riscos, de fato, nos acréscimos. Não foi um jogo vistoso, mas controlado na maior parte do tempo e que dá um respiro.

SPORT

6,5
Magrão
Não teve o que fazer no gol, mas salvou em algumas defesas.

5,5
Raul Prata
Quase não foi ao ataque e foi batido na marcação no gol.

4,5
Ronaldo Alves
Bateu cabeça com o companheiro de zaga no gol sofrido

4,5
Oswaldo Henríquez
Lance bizarro no gol do rival e quase marcou no fim do jogo

5,0
Sander
Não conseguiu atacar pela esquerda e falta qualidade técnica.

5,5
Anselmo
Deu um belo chute de fora da área, mas faltou dinâmica no meio

5,5
Rithely
Participação bem discreta em suas funções. Não teve boa jornada.

4,5
Wesley
Além de não colaborar na marcação, errou quase tudo no ataque.

5,5
Mena
Melhorou quando foi para a lateral, com dificuldades na defesa.

5,0
Rogério
Muitos erros de passe na conclusão de suas jogadas. Foi mal.

5,0
André
Bola não chegou em boas condições e não conseguiu buscá-la.

5,5
Osvaldo
Entrou e deu algum volume melhor ao ataque, porém sem ser incisivo.

6,0
Thomás
Achou alguns espaços na pelos lados e quase marcou no fim do jogo.

5,5
Thallyson
Também pouco fez enquanto esteve em campo. Apagado.

5,0
Téc: Vanderlei Luxemburgo
Time inofensivo, só ameaçou no fim. Risco de queda é real.