Ponte Preta x Fluminense

A Ponte Preta derrotou o Fluminense em Campinas (Foto: Ricardo Moreira/Fotoarena/Lancepress!)

Daniel Bortoletto
20/11/2016
19:21
Rio de Janeiro (RJ)

O Fluminense visitou a Ponte Preta neste domingo, no Moisés Lucarelli, perdeu por 1 a 0, e só pode ir à Copa Libertadores se o G6 se transformar em G7, o que acontece se o Atlético-MG vencer a Copa do Brasil, e alcançar a posição necessária. Mas na segunda partida do técnico Marcão, que assumiu após a demissão de Levir Culpi, o Tricolor mostrou-se desorganizado, e o ponto mais fraco foi o setor ofensivo. Na Macaca, Douglas Grolli e Aranha foram os melhores. Confira as notas abaixo.

PONTE PRETA
6,5
Aranha
Boas defesas no primeiro tempo. Muito seguro nas saídas de gol.

5,5
Nino Paraíba
Deu espaços na marcação e pouco apoiou.

6,0
Antonio Carlos
Teve trabalho com Richarlison. Levou a melhor na maioria dos lances.

7,0
Douglas Grolli
Foi bem no jogo aéreo defensivo e fez cortes importantes.

5,0
Breno Lopes
Poderia ter apoiado mais, já que Wellington Silva pouco subiu.

5,5
João Vitor
Muito nervoso no início.

6,0
Matheus Jesus
Jogou de forma simples, sendo objetivo.

6,0
Wendel
Começou mal, mas cresceu de produção e fez bonito gol.

5,0
Clayson
Tem potencial para jogar bem mais. Arriscou pouco.

5,5
Rhayner
Sumido em grande parte do jogo. Mérito pelo passe para o gol.

6,0
Willian Pottker
O mais perigoso do ataque. Ao menos não se omitiu.

6,0
Ravanelli
Muita correria nas puxadas de contra-ataque.

5,5
Wellington Paulista
Pouco acrescentou ao ataque.

6,0
Jeferson
Deu passe perfeito para Rhayner no primeiro lance em campo.

6,0
Eduardo Baptista
O time não foi brilhante, mas soube segurar o 1 a 0.

FLUMINENSE
6,0
Júlio César
Não teve trabalho no primeiro tempo até o chute indefensável de Wendel. Quase um espectador.

5,5
Wellington Silva
Não apoiou como de costume, já que Clayson ficou plantado às suas costas. Avançou mais após gol de Wendel.

5,5
Gum
Desta vez, ao menos, ele não deu sustos no torcedor. Sem muito trabalho no segundo tempo quase virou um volante.

4,5
Henrique
Foi seco demais em Wendel no lance do gol. Levou o drible e comprometeu o time. Falha grave para o experiente beque.

5,5
Giovanni
Bom desempenho na marcação pela esquerda. Porém o lateral-esquerdo foi peça quase nula no apoio.

5,5
Pierre
Fazia uma partida regular até tomar cartão amarelo no fim do primeiro tempo. Acabou sendo sacrificado no intervalo.

5,5
Douglas
No mesmo nível de Pierre. Muita transpiração, obediência tática e passes para o lado. Mas pouco agregou na criação.

5,0
Marquinho
Errou algumas vezes na saída de bola e não teve chegada ofensiva. Poderia ter sido substituído mais cedo.

6,0
Cícero
Quase fez um gol de oportunismo no primeiro tempo, após atrasada errada de Wendel. Foi recuado na etapa final.

5,5
Gustavo Scarpa
Desperdiçou chance clara, dentro da pequena área, quando o placar estava 0 a 0. Ficou devendo na criação de jogadas.

5,5
Richarlison
Deu trabalho para a zaga da Ponte, deslocando-se pelos dois lados. Caiu de produção no segundo tempo.

5,0
Marcos Júnior
Se a ideia de Marcão era dar velocidade ao ataque a substituição não deu certo.

5,5
Magno Alves
Deu trabalho para Aranha poucos minutos após entrar, com uma cabeçada. Mas ficou nisso.


Danilinho
Pouco tempo em campo.

4,5
Marcão
O time não mostrou organização tática na maior parte do jogo. Para piorar as substituições não deram certo.