Alexandre Guariglia
11/12/2016
19:23
Belo Horizonte (MG)

O Cruzeiro superou o Corinthians no Mineirão e tirou a chance de o Timão disputar a Libertadores do ano que vem. A vitória por 3 a 2 teve grande destaque para Robinho, meia da Raposa, o melhor em campo em mais uma tarde de pouca inspiração da equipe paulista. Confira as notas:

CRUZEIRO

5,5
Rafael

Sem culpa nos gols, ainda fez defesas seguras, quando acionado.

7,0
Ezequiel

Grande partida. Foi seguro na marcação e marcou seu gol.

5,0
Léo

Deixou espaços nos gols e foi desatento nas bolas aéreas.

5,5
Manoel

Mais ligado que seu companheiro, mas deixou a desejar.

6,5
Edimar

Foi um terror para a marcação corintiana pela esquerda.

7,0
Henrique

Bem nos desarmes e ótimo nas saídas de bola. Pouco errou.

7,0
Ariel Cabral

Condutor das principais jogadas no meio. Teve espaço.

8,5
Robinho

Partidaça! Com liberdade, deu duas assistências e fez um gol.

7,5
Arrascaeta

Outro que aproveitou os espaços. Também deixou sua marca.

7,0
Alisson

Velocidade e habilidade mataram a defesa corintiana.

6,5
Rafael Sóbis

Fez bem seu papel confundindo a marcação adversária.

5,5
Rafinha

Entrou para aproveitar o contra-ataque quando já havia vantagem.


Marcos Vinícius

Entrou no fim, pouco tempo para avaliação.


Willian

Também entrou faltando pouco tempo para o apito final.

7,0
Téc: Sidnei Lobo

Time foi melhor durante todo o jogo e teve frieza para virar.


CORINTHIANS

5,0
Walter

Vendido nos gols por conta da falta de combate de sua defesa, mas poderia ter evitado o gol entre suas pernas.

6,0
Fagner

Não conseguiu ir tanto ao ataque pois precisou ajudar na defesa, mas quando foi, deu assistência para Marlone.

4,0
Vilson

Partida muito abaixo da média. Deu espaço aos atacantes do Cruzeiro, demorou para voltar à defesa e se posicionou mal.

4,5
Balbuena

Não cometeu erros tão latentes quanto o do companheiro de zaga, mas apenas observou o adversário trocar passes.

5,0
Uendel

Bateu o escanteio que originou o gol de Guilherme. De resto, deu espaço na defesa e no ataque errou lances simples.

5,0
Cristian

Não conseguiu acompanhar os meias do Cruzeiro, que povoaram o setor e atrapalharam sua vida.

4,5
Camacho

Pouco foi notado em campo, trocou passes sem objetividade e foi discreto na marcação. Saiu no intervalo.

6,5
Rodriguinho

Desviou bola que acabou virando uma assistência para Guilherme marcar e fez boa jogada no gol de Marlone.

6,0
Marlone

Esteve apagado no primeiro tempo, no segundo apareceu para fazer o seu, mas deixou Ezequiel sozinho para marcar.

4,5
Romero

Atacante, mas só foi visto quando marcava as descidas de Edimar ao ataque. Pouco fez em sua função de origem.

6,5
Guilherme

Quando toca na bola se mostra diferente, tem mais visão e qualidade. Fez gol de oportunismo e bom posicionamento.

4,0
Guilherme Arana

Ausente nos dois gols cruzeirenses marcados no segundo tempo. Participação terrível na marcação..

5,0
Giovanni Augusto

Teve início promissor, depois caiu no jogo ruim que alguns de seus companheiros já vinham executando.

5,5
Léo Jabá

Entrou quando o placar já estava praticamente definido, nada pôde fazer para mudar o cenário da partida.

5,0
Téc: Oswaldo de Oliveira

Não conseguiu fazer Romero ter utilidade no primeiro tempo. Mexeu com ousadia no intervalo, mas sem efeito.