Gabriela Chabatura
11/12/2016
20:12
Santos (SP)

Com atuações "na média" na última rodada do Brasileirão, o Santos venceu o América-MG por 1 a 0 e ficou com o vice-campeonato. As melhores notas ficaram com Ricardo Oliveira e Copete na Vila Belmiro. Confira:

SANTOS

6,0
Vanderlei

Não praticou nenhuma defesa durante todo o jogo. Apenas assistiu ao duelo de um lugar privilegiado do campo.

6,5
Victor Ferraz
Criou duas boas jogadas no primeiro tempo. A melhor delas aos 43 minutos, quando foi para a linha de fundo e cruzou.

6,5
Yuri
Chegou a errar algumas saídas de bola, mas se manteve seguro na defesa e quase marcou na segunda etapa.

6,0
David Braz
Com o ataque inoperante do América-MG, o defensor foi pouco exigido. Quando precisou, rebateu as bolas.

6,0
Zeca
Travou bem as jogadas no setor defensivo. Apareceu bem no ataque, mas errou o pé nos cruzamentos.

6,5
Thiago Maia
Como sempre, ajudou a defesa e ainda apareceu com perigo no chute da entrada meia lua, aos 45 minutos do primeiro tempo.

6,0
Renato
Errou alguns passes que não está acostumado a cometer. Por outro lado, fez bons lançamentos para o ataque.

6,0
Lucas Lima
Apagado em boa parte da partida, apareceu em uma ótima bola enfiada para Ricardo Oliveira, no início do 2 tempo.

6,5
Vitor Bueno
Protagonizou uma bela caneta em Xavier, mas não teve uma grande atuação, já que ficou limitado aos cruzamentos.

7,0
Copete
Deu a assistência para o gol de Oliveira. O colombiano disparou pelo lado esquerdo e cruzou na cabeça do camisa 9.

7,5
Ricardo Oliveira
Ótimo posicionamento no lance que ocasionou o gol. Ficou entre dois defensores e, mesmo assim, subiu e marcou.

5,5
Jean Mota
O meia-atacante entrou para dar maior mobilidade ao ataque, mas tudo que conseguiu foi cobrar um escanteio.

5,5
Elano
Entrou apenas para fazer a partida de despedida. Não teve nenhuma importância técnica e/ou tática em campo.

6,0
Rafael Longuine
Substituiu o Copete no fim e arriscou um chute aos 47 minutos. Fica na média.

6,0
Téc: Dorival Júnior
Poderia ter sacado o Lucas Lima antes e colocado Léo Cittadini. Não quis ousar e até parecia satisfeito com atuação.

AMÉRICA-MG

6,0
Glauco
Não teve culpa pelo gol. Fez boa defesa no chute de Oliveira aos 13.

5,0
Hélder
Deu liberdade para o Copete no gol, até então estava indo bem.

5,0
Roger
Errou no lance do gol ao bater cabeça com o companheiro.

5,0
Messias
Assim como o colega, falhou também no gol de Ricardo Oliveira.

6,0
Diego
Com apenas 18 anos, o lateral ajudou defensivamente.

5,0
Juninho
Fez falta dura em Lucas Lima e acabou advertido com cartão.

6,0
Christian
Tentou criar algo com bons lançamentos e escanteios.

5,0
Renato Bruno
Volante apareceu pouco na partida e, por isso, foi substituído.

5,5
Xavier
Desperdiçou contra-ataque, mas tentou tabelas com o atacante Osman.

5,5
Osman
Tentou ameaçar o Peixe, mas encontrou o zagueiro Yuri no caminho.

4,5
Michael
Muito isolado, sequer viu a cor da bola. Foi praticamente nulo.

6,0
Nixon
Entrou e cavou faltas.

5,5
Zé Ricardo
Foi chamado no fim, mas nada pôde fazer para mudar o jogo.


Pilar
O atacante atuou poucos minutos, por isso, fica sem nota.

4,5
Enderson Moreira
Antes mesmo de o jogo começar, o técnico disse que não existia motivação para jogar. E perdeu...