icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/08/2015
20:54

Foram três gols no primeiro tempo e muita emoção no segundo. O Atlético_MG venceu o Palmeiras por 2 a 1 graças a uma atuação decisiva de Lucas Pratto, autor dos dois gols da virada. O atacante foi o melhor em campo no Independência em jogo com destaques palmeirenses apenas na segunda etapa. Confira as notas do LANCE!:

E MAIS:
> Atlético-MG vence, segue caça ao líder, e Palmeiras não volta ao G4
> Confira como ficou a classificação do Brasileirão

ATLÉTICO-MG, por Esther Morel

7,0
Victor
Não teve muito trabalho após o gol do Palmeiras, no início do jogo. Nas poucas vezes em que foi acionado, não vacilou.

5,5
Marcos Rocha
Displicente, deixou a zaga completamente aberta, o que resultou no gol palmeirense. Depois, fez bons cruzamentos.

6,0
Edcarlos
Marcou a bola e só olhou o lance do gol do Palmeiras, mas se redimiu ao salvar um chute de Barrios em cima da linha.

6,5
Jemerson
Apesar de ter recebido cartão amarelo, teve ótimas chances de marcar e apertou a marcação no campo adversário.

5,0
Douglas Santos
Fora um chute em cima de Lucas Pratto, esteve apagado em campo e não contribuiu muito para a organização da equipe.

7,0
Leandro Donizete
Explorou dificuldades do adversário na direita, como no gol de empate, disputando a bola na linha de fundo para cruzar.

5,5
Rafael Carioca
Abusou dos passes errados no início do jogo, mas mesmo assim conseguiu controlar o meio e proteger a defesa.

7,5
Luan
Foi muito acionado ao longo da partida e teve boas chances de aumentar o placar, chegando a driblar Prass na área.

6,0
Giovanni Augusto
Caiu na área no lance do pênalti a favor do Galo, que resultou na virada. Pediu para ser substituído, sentindo o tornozelo.

5,5
Thiago Ribeiro
Ficou responsável por armar o jogo na esquerda , mas quase não apareceu, a não ser em lance desperdiçado por Pratto.

8,0
Lucas Pratto
Encerrou jejum de quatro jogos sem marcar com um gol de cabeça e outro de pênalti, garantindo a virada do Galo.

5,5
Patric
Opção para a vaga de Thiago Ribeiro, que não rendeu no primeiro tempo. Não interferiu no resultado da partida.

6,5
Guilherme
Aumentou a qualidade do passe e segurou o resultado num momento em que o Palmeiras passou a ameaçar o empate.

6,0
Dátolo
Entrou aos 34 minutos do segundo tempo para reavivar o time, que mostrava cansaço e sofria pressão do adversário.

7,5
Téc: Levir Culpi
Após três jogos sem vencer, fez mistério sobre a escalação e conseguiu encaixar um time eficiente e bem organizado.



PALMEIRAS

5,0
Fernando Prass
Parecia nervoso. Errou em várias saídas nas bolas aéreas, inclusive na que originou o primeiro gol do Atlético.

6,0
Lucas
Teve dificuldades em fechar o setor defensivo com a forte velocidade do Galo. Deu assistência para o gol de Andrei.

5,5
Jackson
Deu espaço para Pratto no lance do primeiro gol. Sofreu com a pressão do Atlético e afastou bolas de dentro da área.

7,0
Vitor Hugo
Afastou bolas aéreas e não perdeu quase nenhuma dividida. Estava sobrecarregado na marcação e deu conta do recado.

5,0
Egídio
Não fez uma boa partida. Não conseguiu ir bem no ataque, errou passes e perdeu algumas bolas. Saiu no intervalo.

5,5
Amaral
Fez parte de um meio campo que foi muito fraco no geral. Meias do Atlético criaram com facilidade na entrada da área.

6,5
Andrei Girotto
Fez o único gol do time na partida, mas deu espaços na marcação pelo meio. Foi substituído no segundo tempo.

4,5
Zé Roberto
No primeiro tempo jogou no meio e não conseguiu criar. Na segunda etapa foi para a lateral e não conseguiu marcar.

6,0
Dudu
Levou perigo em algumas jogadas no primeiro tempo e só. Na etapa final tentou cavar pênalti quando poderia seguir.

5,5
Alecsandro
Meio de campo não criou e o atacante teve poucas chances de gol. Quase fez na etapa final após vacilo da zaga.

5,5
Rafael Marques
Mais uma partida sem brilho do atacante. Deu alguns passes e bons cruzamentos, mas nada que surtisse muito efeito.

4,5
Robinho
Praticamente anônimo na partida. Não marcou, não finalizou e não criou. Mais uma vez o meio de campo não funcionou.

6,0
Gabriel Jesus
Entrou bem. Tentou criar boas jogadas e arriscou chutes ao gol. Fez correria na zaga do Galo sempre que teve a bola.

6,0
Lucas Barrios
Teve três chances de gol. Em duas, cabeceou muito mal. Na terceira chutou sem ângulo e a zaga tirou em cima da linha.

5,5
Téc: Marcelo Oliveira
Mais uma vez o time apresentou um meio de campo fraco, sem criação e posse de bola. Substituições foram boas.

Foram três gols no primeiro tempo e muita emoção no segundo. O Atlético_MG venceu o Palmeiras por 2 a 1 graças a uma atuação decisiva de Lucas Pratto, autor dos dois gols da virada. O atacante foi o melhor em campo no Independência em jogo com destaques palmeirenses apenas na segunda etapa. Confira as notas do LANCE!:

E MAIS:
> Atlético-MG vence, segue caça ao líder, e Palmeiras não volta ao G4
> Confira como ficou a classificação do Brasileirão

ATLÉTICO-MG, por Esther Morel

7,0
Victor
Não teve muito trabalho após o gol do Palmeiras, no início do jogo. Nas poucas vezes em que foi acionado, não vacilou.

5,5
Marcos Rocha
Displicente, deixou a zaga completamente aberta, o que resultou no gol palmeirense. Depois, fez bons cruzamentos.

6,0
Edcarlos
Marcou a bola e só olhou o lance do gol do Palmeiras, mas se redimiu ao salvar um chute de Barrios em cima da linha.

6,5
Jemerson
Apesar de ter recebido cartão amarelo, teve ótimas chances de marcar e apertou a marcação no campo adversário.

5,0
Douglas Santos
Fora um chute em cima de Lucas Pratto, esteve apagado em campo e não contribuiu muito para a organização da equipe.

7,0
Leandro Donizete
Explorou dificuldades do adversário na direita, como no gol de empate, disputando a bola na linha de fundo para cruzar.

5,5
Rafael Carioca
Abusou dos passes errados no início do jogo, mas mesmo assim conseguiu controlar o meio e proteger a defesa.

7,5
Luan
Foi muito acionado ao longo da partida e teve boas chances de aumentar o placar, chegando a driblar Prass na área.

6,0
Giovanni Augusto
Caiu na área no lance do pênalti a favor do Galo, que resultou na virada. Pediu para ser substituído, sentindo o tornozelo.

5,5
Thiago Ribeiro
Ficou responsável por armar o jogo na esquerda , mas quase não apareceu, a não ser em lance desperdiçado por Pratto.

8,0
Lucas Pratto
Encerrou jejum de quatro jogos sem marcar com um gol de cabeça e outro de pênalti, garantindo a virada do Galo.

5,5
Patric
Opção para a vaga de Thiago Ribeiro, que não rendeu no primeiro tempo. Não interferiu no resultado da partida.

6,5
Guilherme
Aumentou a qualidade do passe e segurou o resultado num momento em que o Palmeiras passou a ameaçar o empate.

6,0
Dátolo
Entrou aos 34 minutos do segundo tempo para reavivar o time, que mostrava cansaço e sofria pressão do adversário.

7,5
Téc: Levir Culpi
Após três jogos sem vencer, fez mistério sobre a escalação e conseguiu encaixar um time eficiente e bem organizado.



PALMEIRAS

5,0
Fernando Prass
Parecia nervoso. Errou em várias saídas nas bolas aéreas, inclusive na que originou o primeiro gol do Atlético.

6,0
Lucas
Teve dificuldades em fechar o setor defensivo com a forte velocidade do Galo. Deu assistência para o gol de Andrei.

5,5
Jackson
Deu espaço para Pratto no lance do primeiro gol. Sofreu com a pressão do Atlético e afastou bolas de dentro da área.

7,0
Vitor Hugo
Afastou bolas aéreas e não perdeu quase nenhuma dividida. Estava sobrecarregado na marcação e deu conta do recado.

5,0
Egídio
Não fez uma boa partida. Não conseguiu ir bem no ataque, errou passes e perdeu algumas bolas. Saiu no intervalo.

5,5
Amaral
Fez parte de um meio campo que foi muito fraco no geral. Meias do Atlético criaram com facilidade na entrada da área.

6,5
Andrei Girotto
Fez o único gol do time na partida, mas deu espaços na marcação pelo meio. Foi substituído no segundo tempo.

4,5
Zé Roberto
No primeiro tempo jogou no meio e não conseguiu criar. Na segunda etapa foi para a lateral e não conseguiu marcar.

6,0
Dudu
Levou perigo em algumas jogadas no primeiro tempo e só. Na etapa final tentou cavar pênalti quando poderia seguir.

5,5
Alecsandro
Meio de campo não criou e o atacante teve poucas chances de gol. Quase fez na etapa final após vacilo da zaga.

5,5
Rafael Marques
Mais uma partida sem brilho do atacante. Deu alguns passes e bons cruzamentos, mas nada que surtisse muito efeito.

4,5
Robinho
Praticamente anônimo na partida. Não marcou, não finalizou e não criou. Mais uma vez o meio de campo não funcionou.

6,0
Gabriel Jesus
Entrou bem. Tentou criar boas jogadas e arriscou chutes ao gol. Fez correria na zaga do Galo sempre que teve a bola.

6,0
Lucas Barrios
Teve três chances de gol. Em duas, cabeceou muito mal. Na terceira chutou sem ângulo e a zaga tirou em cima da linha.

5,5
Téc: Marcelo Oliveira
Mais uma vez o time apresentou um meio de campo fraco, sem criação e posse de bola. Substituições foram boas.