Lazlo Dalfovo
29/05/2016
13:59
Rio Janeiro (RJ)

A vitória por 2 a 1 do Flamengo sobre a Ponte Preta serve para acalmar os ânimos na Gávea. Três atletas se destacaram em especial no triunfo em Campinas: Alex Muralha, no gol, e Alan Patrick, na frente, e Jorge, autor do gol da vitória em Campinas. Confira as notas:

FLAMENGO

7,0
Alex Muralha

Seguro e, quando exigido, foi muito bem, garantindo a vitória. Não teve culpa no gol da Ponte Preta e saiu aplaudido de campo.

5,5
Rodinei

Voluntarioso, marcou bem pelo seu setor, mas pecou em alguns cruzamentos.

6,0
Léo Duarte

Bem nos desarmes e mostrou eficiência na hora de antecipar. Está se firmando.

5,5
César Martins

Sem ritmo de jogo, pareceu inseguro em alguns lances. Porém, não comprometeu.

7,0
Jorge

Acertou um chute, após rebote do goleiro adversário, de rara felicidade. Na defesa, não deixou espaços.

5,5
Márcio Araújo

Manteve a regularidade e fez o papel defensivo que se espera dele.

6,0
Willian Arão

Bem na marcação, foi aguerrido e importante na contenção, principalmente quando o time ficou com um a menos.

7,0
Alan Patrick

Chamou a responsabilidade na criação após o gol da Ponte. Participou diretamente do primeiro gol rubro-negro.

4,5
Marcelo Cirino

Mais uma vez foi inoperante e não criou perigo atuando pelo lado de campo.

4,0
Fernandinho

Não conseguiu explorar a sua boa velocidade e foi expulso de forma infantil.

5,0
Felipe Vizeu

Disputou espaço com os zagueiros, mas teve uma atuação apagada. Foi substituído no início da segunda etapa.

5,5
Cuéllar

Entrou após a expulsão de Fernandinho para contar o ímpeto da Ponte e foi eficiente.

5,5
Gabriel

Entrou para fazer uma função diferente de Vizeu, mas não conseguiu puxar um bom contra-ataque. No fim, recuou e fechou bem os espaços.

5,0
Ederson

Não teve muito tempo para dar trabalho à zaga adversária.

6,0
Téc: Zé Ricardo

Ainda sem tempo para organizar a equipe, viu seus comandados lutarem muito em campo. Boa estreia.

Ponte Preta x Flamengo
Jogadores reclamam com auxiliar (Foto: Rodrigo Villalba/Lancepress!)

PONTE PRETA

5,0
João Carlos

Foi infeliz no primeiro gol do Fla, quando deu rebote e viu Jorge acertar um belíssimo chute.

5,0
Jeferson

Não foi efetivo ofensivamente, mas deu conta na marcação.

6,0
Fábio Ferreira

Teve uma atuação segura. Colaborou para conter a velocidade do ataque rubro-negro.

5,0
Kadu

Apresentou algumas falhas técnicas, mas não comprometeu atrás.

5,5
Reinaldo

Voluntarioso, apoiou com boa frequência, mas não foi decisivo.

5,5
João Vitor

Consistente atrás, foi firme nos combates.

5,5
Matheus Jesus

Se esforçou muito e foi bem na marcação, saiu na etapa complementar para equipe ter mais velocidade e agressividade.

4,5
Ravanelli

Jogou apenas os primeiros 45 minutos e não conseguiu municiar o ataque.

5,0
Felipe Azevedo

Não imprimiu a velocidade desejada por Eduardo Baptista, vacilou ao marcar um gol contra. No fim, parou em Muralha.

6,0
Wellington Paulista

Jogador mais perigoso da Macaca na primeira etapa. Como sempre, lutou muito e foi premiado com um gol. Saiu no intervalo.

5,0
Roger

Partida bastante apagada do goleador, já que não incomodou os zagueiros do Flamengo.

5,5
Cristian

Entrou bem na segunda etapa e buscou dar mais dinâmica.

5,0
William Pottker

Ganhou confiança do treinador, entrou, fez sua estreia, mas não conseguiu acrescentar nada ao time.

5,0
Thiago Galhardo

Pouco mais de 20 minutos em campo, não ofereceu perigo à meta de Muralha.

5,0
Téc: Eduardo Baptista

Esquema inicial com três atacantes não surtiu efeito. Suas alterações também não deram resultado.