Alexandre Guariglia e Olga Bagatini
21/11/2016
22:13
São Paulo (SP)

Marlone marcou, de pênalti, o gol da vitória do Corinthians por 1 a 0 sobre o Internacional, cada vez mais perto da Série B. O meia-atacante foi o melhor em campo no dia em que foi indicado ao prêmio Puskas, da Fifa, pelo golaço que marcou neste ano contra o Cobresal (CHI). Confira as notas do jogo:

CORINTHIANS

5,5
Walter

É certo que seu gol não foi ameaçado, mas teve participação que beirou o bizarro em cruzamento que quase o encobriu.

6,0
Fagner
Teve boas descidas pela lateral e aproveitou bem o espaço no ataque, mas na defesa abusou da força nas divididas.

6,0
Vilson
Pouco trabalho em seu setor. Como capitão, teve atuação tranquila, mas poderia ter evitado as rebatidas e "chutões".

6,0
Balbuena
Ao lado de Vilson, controlou sem maiores problemas as ações do ataque adversário. Saída de bola deixou a desejar.

6,5
Guilherme Arana
Travou duelo interessante com William, do Internacional. Levou a melhor tanto na defesa quanto no ataque.

5,0
Cristian
Assim como Fagner, pecou por usar força desnecessária nas divididas. Tentou chegar ao ataque, mas tabelas não saíram.

6,5
Camacho
Foi parado por Danilo Fernandes em chance clara de gol no primeiro tempo. Foi importante nas saídas de jogo.

6,5
Uendel
Jogando no meio, ajudou na composição do setor. Apareceu pouco no ataque, mas sempre com qualidade.

6,5
Marquinhos Gabriel
Aterrorizou a defesa colorada, principalmente William. Fez boas trocas de posição com Marlone.

7,0
Marlone
Infiltrou, jogou pela esquerda, pela direita e acertou a trave, sendo a melhor opção corintiana. Marcou gol de pênalti.

5,5
Romero
Procurou abrir espaços para a infiltração dos meias e para a passagem dos laterais, sem levar perigo ao gol do Inter.

5,5
Marciel
Entrou em um momento da partida em que o placar já estava definido. Ajudou a fechar o meio e levou amarelo.


Jean
Substituiu Cristian, mas esteve pouco tempo em campo.


Léo Jabá
Foi escolhido para substituir Marlone, deu um chute perigoso, mas pouco tempo para avaliação.

6,5
Téc: Oswaldo de Oliveira
Colocar Uendel pelo meio foi boa alternativa, assim como as trocas de posição entre Marlone e Marquinhos Gabriel.

INTERNACIONAL

7,5
Danilo Fernandes
Seguro, salvou o Inter de uma derrota ainda mais elástica na Arena.

5,5
William
Sofreu com a falta de cobertura. Pouco apareceu na frente.

5,0
Paulão
Levou perigo a Danilo: Afastou bolas no susto, com muitos chutões.

5,0
Ernando
Mais seguro, melhor pelo alto. Se envolveu no lance do pênalti.

4,5
Geferson
Outro prejudicado pela falta de cobertura. Muitos erros de passe.

6,0
Dourado
Esforçado, correu muito e tentou marcar. Não foi acompanhado.

5,5
Anselmo
Ficou entre a zaga e não ajudou a cobrir jogadas pelas laterais.

5,0
Anderson
Tentou arranques. Passou o restante do tempo tentando recuperar o fôlego.

5,0
Eduardo Sasha
Apagado. Errou muitos passes e foi facilmente desarmado.

5,5
Aylon
Buscou se movimentar. Faltou tranquilidade na hora de tomar decisões.

6,0
Vitinho
Esforçado. Porém, sofreu com a falta de criação e ficou isolado.

5,5
Seijas
Entrou para criar e aumentar o volume do jogo. Não conseguiu ser efetivo.

6,0
Nico López
Entrou bem. As duas melhores chances do time passaram por ele.

5,5
Valdívia
De novo, faltou confiança. Levou perigo em cobrança de falta no fim.

5,5
Téc: Lisca
Time resignado. Tentou jogar por uma bola e sofreu com erro do árbitro.