Gabriel Carneiro e Guilherme Amaro
12/10/2016
23:56
São Paulo (SP)

O Corinthians voltou a vencer após seis jogos no Brasileirão, apesar do susto de ter saído atrás no placar. Walter, Marlone e Guilherme ganharam as melhores notas na vitória por 3 a 2 sobre o Santa Cruz. Confira e escolha o melhor:

CORINTHIANS

7,0
Walter

Três defesas difíceis e atuação muito segura mais uma vez. Foi bem até na primeira bola de um dos gols do Santa Cruz.

5,0
Léo Príncipe

Pouco contribuiu no ataque, com erros em trocas de passes e cruzamentos. Atrás, bons desarmes, mas sofreu com Keno.

6,5
Pedro Henrique

Lucidez e tranquilidade que chamam atenção em um jovem de 21 anos que entra em time pressionado. Atuação segura.

6,0
Balbuena

Bom tempo de bola. Salvou chance clara de Grafite ainda no primeiro tempo. Falta velocidade, mas ele não compromete.

6,0
Uendel

Foi o jogador que mais tocou na bola durante a partida e quase sempre tomou as decisões certas. Seguro na defesa.

5,5
Camacho

Só errou um passe em toda a participação no jogo, o que é importante em seu setor. Apesar disso, atuação discreta.

5,5
Marquinhos Gabriel

Não chamou a responsabilidade em termos ofensivos, mas ao menos cumpriu a sua função tática com eficiência.

6,0
Giovanni Augusto

Até deu assistência, mas ainda é pouco: falta participação no jogo. Com bola no pé, mostra qualidade e cria as chances.

6,5
Rodriguinho

Acertou linda virada de jogo no terceiro gol, mas foi quem mais errou passes no Corinthians. Constantes oscilações.

7,5
Marlone

Nos dois tempos, o mais lúcido e inspirado, que procurou jogadas individuais e quis jogo. Um gol e uma assistência.

8,0
Guilherme

Voltou inspirado. Corrigiu falhas de posicionamento com precisão nas oportunidades que teve e marcou dois gols.

5,5
Willians

Entrou para dar bote, apertar a marcação no meio, algo que Camacho não vinha fazendo. Cumpriu com tranquilidade.

4,5
Cristian

Entrou para proteger a defesa da pressão do Santa Cruz. E foi tudo o que não fez: não marcou ninguém no segundo gol.

6,5
Lucca

Jogou apenas cinco minutos, mas foi oportunista ao desviar da marcação no lance do quarto gol do Corinthians, no fim.

6,0
Téc: Fabio Carille

Primeiro tempo de nível baixo, na defesa e no ataque. Setor de marcação continuou ruim até o fim, mas ataque rendeu.

SANTA CRUZ

5,0
Edson Kölln

Não teve culpa nos gols, mas também não fez defesas difíceis.

5,0
Léo Moura
Sofreu quando Marlone atacou pelo seu setor. Melhorou depois.

3,5
Néris
Não acompanhou os corintianos em quase todos os lances.

4,0
Danny Morais
Também ficou perdido quando o Corinthians atacava.

3,5
Roberto
Apenas observou os adversários criarem pelo seu setor.

5,5
Uillian Correia
Deu lindo passe para Keno no primeiro gol. Errou atrás.

5,0
Jadson
Deu espaço e perdeu bolas. Não comprometeu nos passes.

6,0
João Paulo
Participou de quase todas as jogadas e tentou organizar o time.

5,0
Arthur
Ficou sumido em boa parte do jogo. Acordou no fim e deu bons passes.

7,5
Keno
Foi responsável pelas melhores jogadas do Santa Cruz e fez um bonito gol.

6,5
Grafite
Aproveitou rebote e marcou. Tinha perdido boa oportunidade antes.

6,5
Marion
Deu novo gás ao sistema ofensivo e criou boas jogadas.

5,0
Bruno Moraes
Praticamente não pegou na bola nos 20 minutos que jogou.

5,5
Wagner
Jogou um pouco mais de dez minutos e pouco acrescentou.

5,0
Téc: Doriva
Time novamente mostrou falhas defensivas e foi derrotado.