Guilherme Amaro e Russel Dias
01/06/2016
23:13
São Paulo (SP)

Nesta quarta-feira, o Corinthians recebeu o Santos e venceu o rival por 1 a 0, em sua Arena, em clássico válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Autor do gol da vitória, Giovanni Augusto foi eleito o melhor em campo pelo LANCE!. Serginho, por outro lado, não conseguiu armar o Peixe e ficou com a nota mais baixa. Confira a análise a seguir:

6,0
Walter
Foi praticamente um espectador. Fez uma boa defesa no começo do jogo, após chute cruzado.

6,0
Fagner
Mostrou tranquilidade na defesa e subiu ao ataque para ser opção. Mais uma atuação segura.

6,5
Felipe
Não teve muito trabalho. Quando precisou, foi perfeito nos cortes, e desviou no lance do gol.

6,0
Vilson
Também mostrou segurança nas poucas vezes que foi necessário. Perdeu boa chance na área.

6,0
Uendel
Levou a melhor na defesa na maioria das vezes, com rebatidas. Também tentou ajudar o ataque.

6,5
Cristian
Teve boa participação. Foi correto atrás, chegou à frente, finalizou e desviou de cabeça no lance do gol.

6,0
Bruno Henrique
Atuação discreta e correta. Conteve os avanços do Santos, com desarmes ou faltas.

5,5
Marquinhos Gabriel
Não conseguiu produzir pela esquerda. Desperdiçou bom contra-ataque ao finalizar em vez de tocar.

6,0
Guilherme
Estava completamente sumido no jogo, mas aproveitou a sobra e cruzou no lance do gol.

7,0
Giovanni Augusto
Vinha sendo o melhor em campo, antes mesmo do gol. Aberto na direita, foi quem mais levou perigo;

6,0
Luciano
Quase abriu o placar de cabeça, mas Vanderlei salvou. Teve dificuldades para achar espaços.

6,0
Lucca
Entrou pilhado e logo criou duas chances pela esquerda, com uma finalização perigosa.

6,0
Rodriguinho
Pouco acrescentou após entrar aos 30 minutos do segundo tempo, mas também não comprometeu.

5,5
André
Entrou aos 34 do segundo tempo e praticamente não pegou na bola.

6,0
Tite
Com o Santos atrás, poderia ter arriscado mais nas substituições, mas conseguiu o resultado positivo.

Corinthians x Santos
Giovanni Augusto festeja gol da vitória (Foto: Ale Cabral;LANCE!Press)

SANTOS

6,0
Vanderlei
Um dos melhores em campo. Evitou quase todas as chances claras de gol do Corinthians à queima-roupa.

5,5
Victor Ferraz

Acompanhou Marquinhos Gabriel a todo momento, impedindo o meia de concluir diversas jogadas.

4,5
David Braz

Deixou Vilson sozinho, cara a cara com Vanderlei. Pelo alto, cumpriu bem a função.

5,0
Gustavo Henrique

Se recuperou de de algumas atuações ruins. Se posicionou bem para fazer os cortes.

5,0
Zeca

Teve trabalho com Fagner e perdeu alguns duelos diretos. Ofensivamente, pouco pôde ajudar.

5,5
Thiago Maia

Um dos poucos do Santos que encarou o adversário sem medo. Fez falta quando precisou.

5,0
Renato

Na saída de bola, pouco efetivo, na marcação fez o simples. Ficou sobrecarregado à frente da zaga.

4,5
Léo Cittadini

Pela ala esquerda, pouco fez no primeiro tempo. Jogo apagado e rapidamente substituto.

5,5
Vitor Bueno

Foi quem chamou a responsabilidade no ataque. Mesmo assim, pouco conseguiu fazer.

4,5
Elano

Jogou como centroavante, ou seja, fora de posição. Tocou raramente na bola.

4,0
Serginho

Foi quem mais perdeu a bola no time do Santos. Era para ser armador, mas não armou.

5,5
Paulinho
Entrou com vontade no segundo tempo. Arriscou de longe e deu mais velocidade ao ataque.

4,5
Joel

Na vaga de Elano, também tocou pouco na bola. Não teve chance de gol ou de finalizar.

5,0
Maxi Rolón
Acostumado a atuar pelos lados, jogou no meio. Conseguiu fazer o time ter mais posse de bola.

5,0
Dorival Júnior
Tentou povoar o meio de campo para empatar. Com a derrota, estratégia fracassou.