Gabriela Chabatura
28/08/2016
13:55
São Paulo (SP) 

O atacante Gabigol não teve a despedida dos sonhos da equipe do Santos. A inesperada derrota para o Figueirense, na Vila Belmiro, deu um gosto amargo. Mas a atuação do atacante foi boa. Ele entrou para o segundo tempo e quase fez um golaço. Saiu como um dos melhores da equipe. Confira as notas: 

SANTOS

6,5
Vanderlei

Foi bem na cobrança de pênalti de Rafael Moura e por pouco não pegou. Antes, fez boa intervenção no chute de Lins.

5,5
Victor Ferraz

Foi bastante participativo na primeira etapa, mas a segunda deixou uma avenida para Jefferson avançar e cavar o pênalti.

6,5
Luiz Felipe

Teve, duas vezes, a chance de balançar as redes, mas foi parado por Gatito. Fez bons desarmes no setor defensivo.

6,0
David Braz

Quase complicou o goleiro Vanderlei ao recuar a bola no primeiro tempo, depois teve uma atuação correta.

6,0
Zeca

Fez uma boa jogada no fim do primeiro tempo na finalização de Maia. Foi quem mais acertou passes do time: 90 no total.

5,0
Thiago Maia
Desperdiçou a chance de marcar ao carimbar Bruno Alves e depois cometeu a falta dentro da área em Jefferson.

6,0
Renato

Deu um carrinho perigoso em Dodô e foi advertido com o cartão amarelo. Após a saída de Braz, revezou-se na defesa.

5,5
Vitor Bueno

Começou muito bem, depois caiu de produção e passou não ser inteligente nos lances capitais de ataque do Santos.

6,0
Lucas Lima

Oscilou durante a partida, porém, teve bons lampejos no setor de criação. Nos cruzamentos, foi muito mal.

5,0
Copete

Atuação muito abaixo do colombiano. Perdeu a bola cinco vezes e cometeu três faltas. Acabou substituído no intervalo.

5,5
Ricardo Oliveira

Protagonizou uma ótima cobrança de falta no travessão durante o primeiro tempo e foi só. Faltou decidir.

6,5
Gabigol

Entrou e demonstrou muita vontade de fazer um gol na partida de despedida dele. Até fez, mas em posição irregular.

6,0
Jean Mota

Meia serviu bem Thiago Maia na etapa final e por pouco não saiu o gol de empate do Santos na partida.

6,0
Vecchio

O argentino também entrou bem e protagonizou duas finalizações perigosas à meta de Gatito Fernandez.

5,5
Dorival Júnior

Sacou um zagueiro e colocou Jean Mota para tentar, ao menos, um empate. Tentou, mas não foi suficiente.

FIGUEIRENSE 

7,5 
Gatito Fernandez

Duas defesas espetaculares em lance com Luiz Felipe. Acabou sendo decisivo para a vitória.  

5,5
Ayrton

Foi fintado por Zeca no fim do primeiro tempo e errou muitos passes.

6,5
Werley

Não hesitou em rebater as bolas dentro da área e teve boa atuação.


Marquinhos

Zagueiro se machucou ainda nos minutos iniciais. Fica sem nota.

6,0
Marquinhos

Pedroso Foi sufocado por Ferraz, depois recuperou-se.

6,5
Ferrugem

Tentou dribles e finalizou uma vez no primeiro tempo.

6,0
Jackson Caucaia

Cavou faltas, mas errou muitos passes na partida.

5,0
Elicarlos

Levou chapéu de Lucas Lima. Machucou-se no carrinho de Copete.

6,0
Dodô

Enrolou-se com a bola, mas foi importante para provocar faltas.

7,0
Rafael Moura

Converteu a ótima cobrança de pênalti. Cansou no fim.

6,0
Lins

Exigiu boa defesa do Vanderlei no primeiro tempo e depois perdeu a bola.

6,5
Bruno Alves

Entrou e ajudou no setor defensivo com boas rebatidas.

7,0
Jefferson

Construiu a ótima jogada que originou o gol que determinou a vitória.

6,0
Renato

Substituiu Ferrugem e auxiliou nos desarmes no meio.

6,5
Tuca Guimarães

Superou o problema das lesões e manteve a proposta defensiva.