Guilherme Amaro e Gabriel Carneiro
05/11/2016
21:43
São Paulo (SP)

O Majestoso disputado na noite deste sábado, no Morumbi, teve um nome inquestionável: Cueva. O peruano abriu o placar em cobrança de pênalti com categoria e deu assistência para os outros três gols da equipe. Do lado corintiano, uma partida para ser esquecida. Confira as notas: 

SÃO PAULO

6,0
DENIS

Praticamente só assistiu ao jogo. Teve trabalho apenas nos cortes em cruzamentos e não comprometeu.

6,0
BUFFARINI

Foi correto na marcação, sem comprometer, mas errou demais quando subiu ao ataque.

6,0
MAICON

Vacilou apenas em uma saída de bola, e o Corinthians levou perigo. Ganhou a maioria das jogadas pelo alto.

6,5
RODRIGO CAIO

Também levou a melhor sobre o ataque corintiano. Fez o simples e não complicou-se.

6,0
MENA

Não acompanhou Romero, que cabeceou com perigo. Logo depois, porém, deu corte providencial na área.

7,0
JOÃO SCHMIDT

Fechou os espaços pelo meio de campo e mostrou qualidade na frente. Finalizou de longe com perigo.

6,5
THIAGO MENDES

Conteve os avanços corintianos sem dificuldades. Ficou mais preso e protegeu bem a defesa.

9,0
CUEVA

Abriu o placar em cobrança de pênalti de cavadinha e deu três lindas assistências. Deu outros ótimos passes.

7,0
DAVID NERES

Atuou aberto pelo lado direito e não participou tanto do jogo, mas recebeu dentro da área e não desperdiçou.

6,5
KELVIN

Criou jogadas individuais pela esquerda e sofreu o pênalti. Sentiu a coxa e foi substituído ainda no primeiro tempo.

7,0
CHAVEZ

Perdeu duas chances claras, mas participou da jogada do segundo gol e marcou o terceiro.

7,0
LUIZ ARAÚJO

Manteve o estilo de jogo do time e buscou as jogadas individuais. Apareceu bem em contra-ataque e fez o quarto.

6,0
PEDRO

Jogou cerca de 15 minutos e pouco pegou na bola, porque o São Paulo já não tinha mais o mesmo ímpeto ofensivo.

6,0
WESLEY

Entrou e logo levou o cartão amarelo. Preencheu os espaços e não comprometeu.

7,5
RICARDO GOMES

Talvez o maior acerto tenha sido a entrada de Luiz Araújo. Time continuou com a mesma postura em campo e goleou.

CORINTHIANS

4,0
CÁSSIO

Não teve grande responsabilidade em nenhum dos gols, mas também não fez defesas difíceis. Duas saídas estabanadas.

4,0
FAGNER

Importante desarme no primeiro tempo, mas quase nada de produção ofensiva e fragilidade na marcação. Fez o pênalti.

4,0
VILSON

Não foi tão mal quanto Balbuena, mas também cometeu erros, especialmente na saída de bola. Sempre exposto.

3,5
BALBUENA

Lento, não deu combate, sofreu com a mobilidade do ataque adversário e abusou dos erros. Viveu noite para esquecer.

4,5
UENDEL

Jogou só o primeiro tempo, mas foi o melhor do Corinthians. Cruzamento quase rendeu um gol. Substituído por lesão.

4,0
WILLIANS

Entrou para não deixar a defesa vulnerável. E foi só o que fez. Correu atrás, deu poucos botes e só marcou de longe.

3,5
MARQUINHOS GABRIEL

Além de ter sido o homem em campo que mais perdeu posse de bola, teve uma noite com pouquíssima produção ofensiva.

4,0
GIOVANNI AUGUSTO

Eficiente no combate e nas coberturas, mas sem atitude e eficiência no ataque. Neste sábado, faltou até mesmo atenção.

4,0
RODRIGUINHO

Foi quem mais errou passes na partida. Além disso, mereceu expulsão em lance com Cueva. Vinha bem, mas no clássico foi mla.

4,5
ROMERO

Muito nervoso em campo, apesar de esforçado nas poucas tentativas à frente. Quase fez de cabeça no primeiro tempo.

4,5
GUILHERME

Discreto. Não conseguiu desenvolver o jogo entre as linhas do São Paulo e pouco teve bola no pé para criar ou finalizar.

3,5
GUILHERME ARANA

Errou na única iniciativa ofensiva e em praticamente todas as ações no campo de defesa. Não manteve o nível de Uendel.

4,0
RILDO

Deu correria, abriu linhas de passe e mostrou interesse no jogo, mas cometeu muitos erros técnicos, de passe e chute.

4,5
CAMACHO

Entrou para proteger o setor defensivo e cumpriu o papel com mais qualidade que Willians. Com ele, só um sofrido.

3,5
OSWALDO DE OLIVEIRA

Time está em queda livre e não esboça reação. Neste sábado, foi uma bagunça na defesa e no ataque. Uma noite horrorosa.