Alexandre Guariglia e Gabriel Carneiro
23/06/2016
00:12
São Paulo (SP)

Um gol de Fred, outro de Cazares e uma falha feia do zagueiro corintiano Pedro Henrique. O Atlético-MG venceu o Corinthians por 2 a 1, com o atacante e o meia como os melhores em campo no Mineirão. Lucca, autor do gol do Timão, levou a melhor nota. Confira e vote nos melhores em campo no jogo:

ATLÉTICO-MG

6,0
Victor

Não teve o que fazer no gol do Corinthians, antes disso, teve pouco trabalho em sua meta.

6,0
Marcos Rocha

Mesmo com assistência para Fred marcar, errou passes e estava mal posicionado no tento adversário.

5,0
Leonardo Silva

Apesar de boas antecipações e desarmes, se atrapalhou no lance de gol corintiano.

6,0
Erazo

Um pouco melhor que o companheiro na marcação. Foi bem nos duelos individuais.

6,0
Douglas Santos

Procurou apoiar o ataque e dar opções aos companheiros pela esquerda. Na defesa, tranquilo.

6,5
Rafael Carioca

Bom trabalho na distribuição das jogadas. Bem posicionado, teve liberdade para ir ao ataque.

6,5
Leandro Donizete

Como sempre, fez o "jogo sujo" no meio, garantindo a contenção com desarmes e marcação firme.

7,5
Cazares

Do quarteto de ataque, foi quem mais se movimentou, marcou gol de oportunismo e persistência.

4,5
Robinho

Atuação abaixo da média, pouca movimentação, pouca inspiração e índice de acerto baixíssimo.

5,0
Clayton

Tentou usar a velocidade, porém sem criatividade para concluir as jogadas. Produziu muito pouco.

7,0
Fred

Estava isolado na frente, com pouco apoio dos companheiros. Em uma jogada fez o que sabe e decidiu.

6,5
Dátolo

Substituiu Robinho e melhorou o toque de bola ofensivo se aproximando dos homens de frente.

5,5
Patric

Entrou no lugar de Clayton, mas limitou-se a compôr o meio-campo e tentar puxar contra-ataques.


Carlos
Pouco tempo em campo para avaliação. Fica sem nota.

6,5
Téc: Marcelo Oliveira

Foi bem ao sacar Robinho no início do segundo tempo e colocar Dátolo para organizar o jogo.


CORINTHIANS

4,5
Cássio

Má saída no segundo gol do Galo, após recuo de Pedro Henrique. Fora isso, atuação era regular.

5,5
Fagner

Mais discreto no ataque do que o costume, mas atrás não passou sufoco. Foi líder de desarmes.

3,5
Pedro Henrique

Não estava mal até ficar para trás no gol de Fred e falhar no segundo. Merece crédito, mas foi mal.

5,0
Vilson

Atuação firme. Rebatidas, poucos erros de passe e simplicidade na saída de bola. Voltou bem ao time.

5,0
Uendel

Incomodou Marcos Rocha com boa atitude ofensiva, mas sua criação não resultou em gol. Não foi mal.

5,0
Bruno Henrique

Jogador que mais teve a bola no pé no Corinthians. Soube marcar e distribuir, mas nada além disso.

4,5
Rodriguinho

Pouca participação, tanto no ataque quanto na defesa. Podia ter aparecido mais para ajudar.

5,0
Giovanni Augusto

Desatenção em alguns momentos e sem sucesso em suas ações. Jogo bem abaixo do esperado.

5,5
Guilherme

Buscou jogo, organizou no meio, exigiu participação dos pontas, mas iniciativa não surtiu efeito.

5,0
Marquinhos Gabriel

Foi o que mais quis jogo entre os pontas do Corinthians, mas faltou eficiência e até mais improviso.

5,0
Romero

Voluntariedade inegável, mas muita dificuldade em ações simples, como domínio e chute. No fim, melhorou.

6,0
Lucca

Bem mais efetivo do que os outros homens ofensivos, marcou o gol que deu a última esperança ao Timão.

5,5
Luciano

Mais presença de área que Romero, mas pouca eficiência para conseguir aproveitar as chances existentes.

5,0
Téc: Cristóvão Borges

Não mudou a postura que vinha sendo usada por Tite, o que é bom, mas demorou para mexer no time.