Guilherme Amaro e Matheus Dantas
05/10/2016
23:25
Santos (SP)

O Santos recebeu o Fluminense nesta quarta-feira na Vila Belmiro, e conseguiu uma boa vitória contra um rival direto pela classificação para a Copa Libertadores do ano que vem. Os homens de frente do Peixe, como Jean Mota, Ricardo Oliveira e Copete, levaram as maiores notas no triunfo por 2 a 1, segundo a avaliação do LANCE!. Pelo Tricolor, Marcos Junior, Richarlison e Henrique foram alguns dos destaques. Vote no melhor!

6,5
Vanderlei
Fez duas boas defesas. Uma, inclusive, foi antes de sofrer o gol. Seguro pelo alto.

6,5
Victor Ferraz
Participou da maioria das jogadas ofensivas, sempre pelo lado direito. Deu espaços atrás.

5,0
Luiz Felipe
Não acompanhou Marcos Júnior, que cabeceou no lance do gol. Ficou perdido em outros lances.

5,0
David Braz
Também não acompanhou os adversários. Perdeu o tempo da bola em uma oportunidade.

6,0
Zeca
Apenas observou Wellington Silva marcar, mas antes já tinha salvado o Santos duas vezes.

6,0
Thiago Maia
Foi precipitado em algumas decisões, mas cortou e desarmou pelo meio de campo.

6,5
Renato
Cruzou na medida para Copete marcar. Não comprometeu nas saídas de bola, como de costume.

6,0
Vecchio
Tinha feito um bom primeiro tempo, mas ainda não está na melhor condição física e foi substituído.

7,0
Jean Mota
Organizou as jogadas, cobrou falta na trave e na sequência cobrou escanteio no segundo gol.

7,0
Copete
Buscou as jogadas individuais pela esquerda e subiu para abrir o placar de cabeça. Também ajudou atrás.

7,0
Ricardo Oliveira
Tinha recebido poucas bolas em boas condições, mas novamente decidiu: fez o segundo de cabeça.

6,0
Rafael Longuine
Manteve o ritmo no meio de campo. Não se complicou nos passes e ajudou na marcação.


Yuri
Entrou aos 40 minutos do segundo tempo. Fica sem nota.


Rodrigão
Entrou aos 43 minutos do segundo tempo. Também fica sem nota.

6,5

Dorival Júnior
Mesmo com vários desfalques, o time manteve o estilo de jogo e venceu um confronto direto.

FLUMINENSE
6,0
JÚLIO CÉSAR
Foi bem na primeira etapa, sendo exigido e fazendo uma grande defesa. Sem culpa nos gols sofridos.

6,0
WELLINGTON SILVA
Teve falhas defensivas, inclusive no primeiro gol do Santos. Recuperou-se ao marcar o único gol do Tricolor.

6,0
GUM
Vinha levando a melhor no duelo com Ricardo Oliveira, porém não o acompanhou no gol rival decisivo.

6,5
HENRIQUE
Atuação de destaque na defesa do Flu. Fez cortes importantes, bem posicionado nas bolas aéreas.

5,0
WILLIAM MATHEUS
Timído demais no ataque e com dificuldades para conter os avanços do lateral-direito Victor Ferraz.

5,5
PIERRE
Errou muito passes, mais do que o normal. Após o Flu sofrer o gol, foi substituído por Levir Culpi.

6,5
DOUGLAS
Atuou com mais liberdade, e teve boa presença na entrada da área adversária. Fez bons desarmes.

5,0
CÍCERO
Sumido na partida. Não contribuiu na criação, levando perigo só em bolas levantadas na área.

5,5
GUSTAVO SCARPA
Não apareceu tanto, sendo bem marcado por Thiago Maia. Atuação bem abaixo do normal.

6,5
WELLINGTON
Liso, foi a melhor arma nos 45 minutos iniciais. Apareceu menos daí em diante e deixou o jogo.

6,5
MARCOS JUNIOR
Cresceu demais durante o jogo e armou o time no segundo tempo. Criou, finalizou e deu ótimos passes.

6,5
RICHARLISON
Deu mais movimentação ao ataque e serviu bem como referência para o Fluminense, pecou na finalização.

5,5
MARQUINHO
Flu sofreu o gol segundos depois de sua entrada. Nenhuma participação efetiva nos dez minutos em campo.


HENRIQUE DOURADO
Sem nota. Entrou já nos minutos finais e não participou da partida.

6,0
LEVIR CULPI
Flu dominou parte do jogo. Tomou dois gols em falhas individuais. Só a entrada de Richarlison surtiu efeito.