LANCE!
31/07/2016
18:33
Santos (SP) 

Na vitória do Santos sobre o Cruzeiro, o meia Vitor Bueno foi decisivo. Artilheiro da equipe no Brasileirão, ele chegou a oito gols ao marcar o primeiro, tirando a equipe do sufoco. Com isso, acabou como o melhor em campo. Do lado do Cruzeiro, que teve a estreia do técnico Mano Menezes, o destaque foi Willian. Confira o desempenho de cada um: 


SANTOS 

6,5
Vanderlei

Quase se complicou ao sair jogando com os pés. Vacilou no primeiro tempo. Voltou bem e fez defesas complicadas no fim,

7,0
Victor Ferraz

Deu apoio ao ataque. Foi dele o cruzamento para Lucas marcar contra. Na marcação, foi exigido e correspondeu bem.

6,5
Luiz Felipe

Bem postado na zaga, conseguiu conter várias chegadas do Cruzeiro, embora tenha tido trabalho com Willian na direita.

6,0
Gustavo Henrique

Também não comprometeu na linha de defesa. Tirou algumas bolas de maneira um pouco desajeitada. Tranquilo.

7,0
Caju

Cruzeiro chegou pouco pela esquerda. Sem problemas para sair jogando. Deu assistência para Vitor Bueno marcar.

6,0
Yuri

Foi bem na marcação, ajudou bastante a defesa, mas deixou a desejar à frente, quando se viu preso na marcação.

7,0
Renato

Boa saída de bola e ótima visão de jogo do camisa 8, tentou passes e lançamentos. Marcação forte não o atrapalhou.

7,5
Vitor Bueno

Fez menos do que se espera no 1º tempo. Encontrou-se no 2º e, com gol, foi decisivo na arrancada para a vitória.

5,0
Vecchio

Errou vários passes durante o jogo e não conseguiu achar uma maneira de contribuir no meio. Ficou preso na marcação.

6,5
Copete

Esforçado durante todo o tempo, buscou o jogo, mas foi muito discreto na partida.

5,5
Ricardo Oliveira

Mais irritado do que de costume, levou amarelo por reclamação. Sofreu muitas faltas e teve poucas chances.

6,5
Jean Motta

Conseguiu compor bem o meio-campo e ajudou o time a se manter à frente no placar. Não foi decisivo, mas foi bem.

5,5
Rafael Longuine

Entrou por problema com Yuri. Fez volume do meio para frente, mas foi discreto e pouco apresentou em campo.

5,5
Joel

Ainda com Ricardo Oliveira em campo, não conseguiu atuar como centroavante, pouco fez à frente. Mas ajudou atrás.

6,5
Dorival Júnior

Santos não conseguiu se impor no 1º tempo de jogo, mas voltou melhor. Erros foram arrumados no intervalo.

CRUZEIRO 

6,0
Fábio

Não teve culpa nos lances decisivos, principalmente no gol contra de Lucas.

3,5
Lucas

Não deu suporte ao ataque e foi mal na marcação. Fez gol contra no fim.

5,5
Manoel 

Zaga cruzeirense teve dificuldades com a velocidade santista.

5,5
Bruno Rodrigo

Assim como o companheiro, sofreu com o ataque rival.

6,0
Edimar

Tentou chegar pela esquerda várias vezes, mas faltou marcar.

6,0
Ramires

Embora não tenha sido tão eficiente na saída de bola, foi bem marcando.

5,5
Ariel

Assim como Ramires, melhor na marcação do que na saída de bola.

5,0
Robinho

Foi melhor quando tentou criar pelo meio. Na direita, não rendeu.

6,5
Arrascaeta

Presença constante na entrada da área, levou certo perigo.

6,5
Rafael Sóbis

Esforçou-se e correu bastante, sendo perigoso pelo lado esquerdo.

7,0
Willian

De longe, foi o jogador mais importante para a equipe. Incomodou bastante a defesa santista e criou chances.

5,5
Rafinha

Tentou preencher o meio-campo, mas não conseguiu criar chances.

5,5
Ábila

Tentou ajudar na marcação, mas time seguiu sofrendo com o rival.

6,5
Mano Menezes

Conseguiu armar bem o Cruzeiro, com proposta ofensiva. Estreia boa, mesmo com a derrota fora.