LANCE!
21/11/2016
14:12
São Paulo (SP) 

O primeiro gol do empate por 3 a 3 com o Santa Cruz, no Arruda, colocou o atleticano Fred na liderança isolada do Brasileirão. A duas rodadas do fim da competição, o atacante tem 14 gols e pode terminar pela terceira vez como goleador máximo. Curiosamente, se isso ocorrer ele terá levado ano sim, ano não a partir de 2012 - foi artilheiro também em 2014, em ambos os anos com a camisa do Fluminense. 

No momento, o principal perseguidor de Fred é outro jogador experiente e também que vestiu a camisa do Fluminense: Diego Souza. O meia do Sport tem 13 gols anotados. Gabriel Jesus (Palmeiras), William Pottker (Ponte Preta) e Robinho (Atlético-MG) vêm logo atrás, com 12. Outros dois jogadores marcaram 11 vezes: Sassá (Botafogo) e Keno (Santa Cruz). 

A disputa é a mais equilibrada dos últimos anos. O principal motivo para isso é o baixo número de gols do líder em relação aos anos anteriores. Na era dos pontos corridos, a edição com número mais tímido do goleador foi 2007, quando Souza, do Goiás, fez apenas 17. o Brasileirão deste ano caminha para bater esse recorde negativo. No ano passado, o santista Ricardo Oliveira ficou com o "título" com 20 gols, seis a mais que o segundo colocado, o então corintiano Vagner Love.

Nos jogos contra São Paulo, no Independência, e Chapecoense, fora, Fred tentará consumar a artilharia. Ele não disputará a final da Copa do Brasil pelo Galo, contra o Grêmio, por ter defendido o Fluminense nesta mesma edição. Assim, o foco do camisa 9 será mesmo no Brasileirão. 

Vote abaixo no duelo para apontar seu favorito na briga pela artilharia deste ano: