Vitor Chicarolli*
04/06/2018
13:53
São Paulo (SP)

Por conta da Copa do Mundo de 2018, na Rússia, o Campeonato Brasileiro será paralisado na 12ª rodada e não haverá jogos de 13 de junho (um dia antes da abertura) até 16 de julho (um dia depois da final). A pausa na competição acontecerá pela quarta vez desde que passou a ser disputada por pontos corridos, em 2003, e o retrospecto aponta que nos três anos que houve a paralisação (2006, 2010 e 2014) o campeão estava entre os quatro primeiros colocados na tabela antes do início da Copa.

Porém, apenas uma vez quem era líder conseguiu ser campeão. O feito foi alcançado pelo Cruzeiro, em 2014, que estava em primeiro e terminou o Brasileiro com o título. Em 2010, o Corinthians liderava antes da Copa, mas o Fluminense terminou como campeão, e em 2006, o Cruzeiro estava na ponta, porém o São Paulo assumiu o primeiro lugar logo após a retomada do campeonato, onde se manteve até conquistar a taça.

O LANCE! mostra como estava o Brasileirão na paralisação em 2006, 2010 e 2014 e como está na atual temporada.

Antes e depois da paralisação para a Copa em 2006
No Mundial de 2006, o Campeonato Brasileiro teve sua parada na décima rodada e o líder até então era o Cruzeiro, que somava 21 pontos, seguido por Inter, 21 e São Paulo, com 20. Fluminense e Santos completavam os cinco primeiros na classificação e ambos estavam garantindo vaga na Libertadores. A zona de rebaixamento contava com dois grandes clubes, além de Fortaleza e Santa Cruz. O Palmeiras estava na penúltima colocação, com quatro pontos e o Corinthians, com nove, era o 18º colocado da competição.

Após o término da Copa, algumas posições acabaram sendo alteradas. A Raposa não se manteve na liderança e caiu oito posições. O São Paulo levou a taça com, 78 pontos, seguido por Internacional, Grêmio e Santos. O Flu despencou e terminou na 15ª colocação. Já na zona de rebaixamento, Timão e Verdão conseguiram se manter na elite do futebol nacional, mas Ponte Preta, Fortaleza, São Caetano e Santa Cruz acabaram sendo rebaixados.


Antes e depois da paralisação para a Copa em 2010
A pausa para a Copa de 2010 foi um pouco mais cedo, já na sétima rodada. Até então, o Corinthians liderava a competição, com 17 pontos, mesma pontuação do Ceará, seguidos por Fluminense, 15 e Santos, com 12.

Já Atlético-MG, com seis pontos e Vasco, com cinco, estavam na zona de rebaixamento antes da paralisação ao lado de Barueri e Atlético-GO. E apenas o clube paulista foi rebaixado neste ano, junto com Vitória, Guarani e Goiás.

E como em 2006, apenas dois times permaneceram no G4: o Corinthians terminou em terceiro e o Flu foi o campeão, somando 71 pontos. O Ceará não manteve sua boa campanha do pré-Copa e acabou em 12º lugar. O Peixe também ficou fora da Libertadores, na oitava colocação. Cruzeiro e Grêmio foram as outras duas equipes que garantiram vaga na Libertadores.


Antes e depois da paralisação para a Copa em 2014
Na Copa de 2014, disputada no Brasil, o Brasileirão parou na nona rodada com o Cruzeiro na liderança, somando 19 pontos, seguido por Fluminense, Corinthians e São Paulo, os três com 16 pontos. Grêmio e Internacional vinham logo atrás na quinta e sexta colocação, com 15.

Depois de ter conquistado o Campeonato Carioca, o Flamengo não fazia uma boa competição e era apenas o 19º colocado, com sete apenas pontos. Mas no segundo semestre o Rubro Negro apresentou um bom futebol e se manteve na elite.

Diferente dos outros dois anos de Copa, a liderança não esteve em outras mãos após a retomada do Mundial e a Raposa sagrou-se campeã. O Tricolor paulista foi o vice-campeão. E Inter, Corinthians e Atlético-MG foram as outras três equipes que garantiram vaga na Libertadores de 2015. O Flu que era o segundo colocado foi para o sexto lugar.

Os rebaixados foram Vitória, Bahia, Botafogo e Criciúma. Com exceção da equipe catarinense, todos entraram no Z4 apenas após a paralisação.


Como está o Brasileiro de 2018 pouco antes da paralisação?
Faltando três rodadas para a paralisação do Mundial na Rússia, o Campeonato Brasileiro tem um líder isolado em número de pontos, o Flamengo, com 20 pontos, seguido por diversos clubes que estão embolados nas posições superiores. O segundo colocado Cruzeiro tem os mesmos 16 pontos de Grêmio e São Paulo, clubes que encerram o G4 até o momento. Vale destacar que hoje o grupo que dá vaga na próxima Libertadores vai até a sexta colocação;

A diferença entre o quinto (Internacional) e o 11º (América-MG) é apenas de dois pontos e tudo pode mudar já na próxima rodada com alguns confrontos diretos, como São Paulo x Inter, Grêmio x Palmeiras e Flamengo x Fluminense.

A disputa pela parte debaixo da tabela está alterando a cada rodada. Vitória e Bahia abrem o Z4 do campeonato, ambos com oito pontos, enquanto Paraná e Ceará se igualam na lanterna, com apenas três pontos.


Curiosidades dos Brasileiros por pontos corridos nos anos de Copa


Técnico com mais títulos em anos de paralisação para a Copa
Muricy Ramalho com São Paulo, em 2006, e Fluminense, em 2010

Única equipe que se manteve na liderança antes e depois da paralisação para a Copa
Cruzeiro, 2014

Time que mais marcou gol nos períodos pré-Copa
Cruzeiro, 46 gols anotados

Time que menos marcou gol nos períodos pré-Copa
Palmeiras, 23 gols marcados

Clube com mais vitórias nesses períodos
Fluminense, 16 vitórias

Clube com mais derrotas nesses períodos
Palmeiras, 14 derrotas

* Sob supervisão do editor Vinícius Perazzini