icons.title signature.placeholder Visão da 20ª rodada
icons.title signature.placeholder Visão da 20ª rodada
24/08/2015
07:55

 

E foi dada a largada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Só Corinthians e Atlético-MG venceram entre os primeiros colocados. Não à toa, abriram a segunda metade do torneio da mesma forma que a primeira terminou: quatro pontos de vantagem para o líder Timão na classificação.
Pela primeira vez na disputa, a diferença do primeiro para o terceiro, Grêmio, já pode ser considerada “gorda”: seis. O Galo, que entrou em campo para fechar a rodada pressionado, correu o risco de ficar sete pontos atrás do Corinthians, se perdesse para o Palmeiras em Minas Gerais.

Mesmo com um pênalti bem duvidoso (quem reclamou do apito antes agora acha engraçado, como já é comum no futebol), a superioridade mineira em campo prevaleceu no placar no Horto e o Atlético-MG segue à caça do primeiro colocado.

A vantagem não é a maior da era dos pontos corridos (com 20 equipes) em 20 rodadas, mas é considerável. Só um time abriu quatro pontos ou mais após 20 partidas e não levou a taça: Grêmio, em 2008, quando tinha cinco de vantagem para o Cruzeiro. O São Paulo acabou sendo campeão.

Em 2006, 2007, 2013 e 2014, os campeões abriram o returno com ao menos os quatro pontos que garantem hoje o Corinthians na liderança.

E Tite sabe muito bem a receita. Em 2011, apenas dois pontos separavam o Timão do vice-líder Vasco na 20ª rodada: 40 a 38. A taça, na última rodada, ficou em São Paulo. É um time forte demais em casa (nove vitórias e uma derrota) e a Arena tem tudo para fazer a diferença na luta corintiana por outro caneco.


Corinthians segue com vantagem na ponta do Brasileirão-2015

Flu, Palmeiras, São Paulo e Sport, que há pouco tempo olhavam com cobiça para a liderança, vão vacilando e a busca por um lugar no G4 torna-se a realidade.

No “buraco”, realidade será a lanterna para o Vasco por ao menos mais duas rodadas. Os cariocas conseguiram uma proeza: seis pontos atrás do Joinville, 19 colocado. São nove pontos para a saída da zona da degola e apenas um milagre ainda não visto salvará o Vasco.

NO INÍCIO DO RETURNO: 20ª RODADA

2014
1º Cruzeiro 46 pts (campeão)
2º São Paulo 39 pts

2013
1º Cruzeiro 43 pts (campeão)
2º Botafogo 39 pts

2012
1º Atlético-MG 44 pts
2º Fluminense 43 pts (campeão)

2011
1º Corinthians 40 pts (campeão)
2º Vasco 38 pts

2010
1º Fluminense 41 pts (campeão)
2º Corinthians 38 pts

2009
1º Palmeiras 40 pts
2º Goiás 38 pts

2008
1º Grêmio 44 pts
2º Cruzeiro 39 pts

2007
1º São Paulo 40 pts (campeão)
2º Cruzeiro 35 pts

2006
1º São Paulo 39 pts (campeão)
2º Santos 35 pts

 

E foi dada a largada do segundo turno do Campeonato Brasileiro. Só Corinthians e Atlético-MG venceram entre os primeiros colocados. Não à toa, abriram a segunda metade do torneio da mesma forma que a primeira terminou: quatro pontos de vantagem para o líder Timão na classificação.
Pela primeira vez na disputa, a diferença do primeiro para o terceiro, Grêmio, já pode ser considerada “gorda”: seis. O Galo, que entrou em campo para fechar a rodada pressionado, correu o risco de ficar sete pontos atrás do Corinthians, se perdesse para o Palmeiras em Minas Gerais.

Mesmo com um pênalti bem duvidoso (quem reclamou do apito antes agora acha engraçado, como já é comum no futebol), a superioridade mineira em campo prevaleceu no placar no Horto e o Atlético-MG segue à caça do primeiro colocado.

A vantagem não é a maior da era dos pontos corridos (com 20 equipes) em 20 rodadas, mas é considerável. Só um time abriu quatro pontos ou mais após 20 partidas e não levou a taça: Grêmio, em 2008, quando tinha cinco de vantagem para o Cruzeiro. O São Paulo acabou sendo campeão.

Em 2006, 2007, 2013 e 2014, os campeões abriram o returno com ao menos os quatro pontos que garantem hoje o Corinthians na liderança.

E Tite sabe muito bem a receita. Em 2011, apenas dois pontos separavam o Timão do vice-líder Vasco na 20ª rodada: 40 a 38. A taça, na última rodada, ficou em São Paulo. É um time forte demais em casa (nove vitórias e uma derrota) e a Arena tem tudo para fazer a diferença na luta corintiana por outro caneco.


Corinthians segue com vantagem na ponta do Brasileirão-2015

Flu, Palmeiras, São Paulo e Sport, que há pouco tempo olhavam com cobiça para a liderança, vão vacilando e a busca por um lugar no G4 torna-se a realidade.

No “buraco”, realidade será a lanterna para o Vasco por ao menos mais duas rodadas. Os cariocas conseguiram uma proeza: seis pontos atrás do Joinville, 19 colocado. São nove pontos para a saída da zona da degola e apenas um milagre ainda não visto salvará o Vasco.

NO INÍCIO DO RETURNO: 20ª RODADA

2014
1º Cruzeiro 46 pts (campeão)
2º São Paulo 39 pts

2013
1º Cruzeiro 43 pts (campeão)
2º Botafogo 39 pts

2012
1º Atlético-MG 44 pts
2º Fluminense 43 pts (campeão)

2011
1º Corinthians 40 pts (campeão)
2º Vasco 38 pts

2010
1º Fluminense 41 pts (campeão)
2º Corinthians 38 pts

2009
1º Palmeiras 40 pts
2º Goiás 38 pts

2008
1º Grêmio 44 pts
2º Cruzeiro 39 pts

2007
1º São Paulo 40 pts (campeão)
2º Cruzeiro 35 pts

2006
1º São Paulo 39 pts (campeão)
2º Santos 35 pts