Riascos - Cruzeiro

Atacante estava no Rio e não retornou a BH após sua declaração (Foto: Mourão Panda/Fotoarena/Lancepress!)

RADAR/LANCE
29/07/2016
17:15
Belo Horizonte (MG)

O atacante Riascos vai aguardar na Colômbia pela definição do seu futuro no futebol brasileiro. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) comunicou ao Cruzeiro, nesta sexta-feira, que o jogador voltou ao seu país natal alegando falta de segurança.

Depois de sua declaração após a derrota para o Fluminense, pela 15ª rodada do Brasileirão, Riascos foi desligado do Cruzeiro e sequer voltou com a equipe para Belo Horizonte. Multado pela diretoria celeste, o atacante preferiu continuar no Rio ao invés de retornar a Minas para treinar separado do grupo. O motivo alegado pelo jogador era a falta de segurança na capital mineira. Segundo Riascos, além de ameaças de morte, sua casa onde reside em BH foi alvo de tiros de torcedores.

Sem nunca ter se firmado no Cruzeiro, Riascos não teve boas passagens pelo clube, seja em 2015 ou 2016. No ano passado, foi emprestado ao Vasco após fazer apenas quatro jogos na equipe mineira. Neste ano, de volta a BH, ganhou mais oportunidades, mas não apresentou um bom futebol, assim como a maioria dos jogadores de Paulo Bento. No dia 17 de julho, deixou o campo do estádio em Edson Passos revoltado com mais uma derrota.

- Não está normal, não estou feliz por tudo isso que está acontecendo. Temos que procurar uma solução, não podem tirar minha felicidade para vir jogar nesta merda aqui – disse Riascos, que horas depois recebeu o comunicado da diretoria que não jogaria mais pelo clube.

Antes mesmo de devolver Riascos ao Cruzeiro, o Vasco nunca escondeu o desejo em contar com o jogador. Atualmente, o time carioca busca uma solução para entrar em um acordo com o time mineiro e contar novamente com o colombiano em seu plantel.