William Schuster

Segundo volante William Schuster, "lição" em Salvador, fez Bragantino descobrir a melhor forma de enfrentar o Corinthians (Foto: Rafael Moreira/C.A. Bragantino)

LANCE!
21/03/2018
19:40
Bragança Paulista (SP)

Apenas três dias após ser eliminado da Copa do Brasil, com revés diante do Vitória, o Bragantino conseguiu garantir uma importante vantagem no Campeonato Paulista, ao vencer o Corinthians por 3 a 2. Segundo o volante William Schuster, foi justamente a infeliz noite da última quinta-feira no Barradão que acabou servindo de lição e mostrando a melhor forma de enfrentar, e vencer o atual campeão brasileiro no Pacaembu no domingo passado.

- Tivemos uma experiência ruim atuando fora de casa contra o Vitória. Por termos uma vantagem, ficamos esperando a equipe deles para jogarmos no contra-ataque. Mas aprendemos a lição. Nosso grande mérito contra o Corinthians foi pressionarmos a saída de jogo deles, o que acabou os prejudicando, já que a bola não sai tão "redonda" da defesa. Fizemos três gols, poderíamos ter feito mais um ou dois, e saímos de campo com a sensação plena de dever cumprido - afirmou o jogador.

Nesta quinta-feira, as equipes voltam aos gramados, desta vez na Arena Corinthians, às 20h, e o melhor em campo leva a vaga nas semifinais. Segundo Schuster, para o time de Bragança conseguir a classificação, será necessário repetir a mesma postura proativa apresentada no último domingo no estádio do Pacaembu. Ele ressalta ainda que postar-se inteiramente no campo defensivo poderia ser fatal para as ambições do Bragantino.

- Seremos visitantes novamente, como foi no jogo de ida, e tentaremos impor a mesma forma de atuar. Nós sabemos que se ficarmos o tempo todo atrás, somente nos defendendo, eles irão acabar marcando. Será normal haver uma pressão por parte deles no início, mas não creio que o padrão de jogo se modifique. São duas equipes semelhantes, muito disciplinadas taticamente e que devem fazer mais uma grande partida - explicou o volante.