Treino do Botafogo - Victor Luis

Victor Luís está emprestado até o fim deste Campeonato Brasileiro (Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo)

Felippe Rocha
28/11/2016
17:59
Rio de Janeiro (RJ)

A má fase recente do Botafogo rendeu um capítulo extracampo no último sábado, após o empate com a Ponte Preta, na Arena da Ilha. Cerca de meia hora após o fim da partida, Sassá e Victor Luís receberam insultos e as discussões repercutiram. Então o lateral-esquerdo, que atuou improvisado do lado direito, pediu para ser o personagem da entrevista coletiva do Glorioso nesta segunda-feira.

- Fiquei mesmo com vontade de vir falar, esclarecer. Quem vê de fora acha que foi uma coisa extraordinária, soa negativo. Nunca tive problemas com torcida, sempre respeitei. Meu maior jeito de respeitar a torcida é correndo dentro de campo. Venho correndo, me dedicando, mesmo quando estou com dor ou machucado - ponderou, de início, antes de prosseguir:

- As críticas eu entendo de maneira positiva, são com elas que eu procuro melhorar. Mas os insultos que recebi não foram pelo futebol. Não subi arquibancada, não fui atrás. O problema não foi com a torcida, foi com a pessoa que quis me insultar. Eu estava com minha família. Fiquei muito chateado, para dormir foi difícil. Não tenho problema nenhum com a torcida do Botafogo. me sinto feliz aqui, estamos brigando por coisas boas. Não é o uma ou duas pessoas, aparentemente alcoolizadas, que vão apagar o que venho fazendo. Essa pessoa, tenho certeza, não representa os milhões de torcedores do Botafogo - entende.